Mercedes vendeu um Project One em Portugal. Custou três milhões

  • ECO
  • 21 Janeiro 2018

A Mercedes vende muitos carros no mercado nacional, mas nenhum como este. O Project One, basicamente um Fórmula 1 de estrada, com um preço de três milhões de euros vai andar nas estradas portuguesas.

Chama-se Project One. Não é um desportivo ou mesmo um superdesportivo… É outro nível: é um hiper-desportivo. Porquê? Porque é, basicamente, um Fórmula 1 que pode andar na estrada, como qualquer outro automóvel. Uma autêntica máquina para os amantes das quatro rodas, mas que não está ao alcance de qualquer um. Só há 275 unidades. E uma delas vai andar a “voar baixinho” nas estradas de Portugal.

O negócio foi concretizado em agosto, mas só agora é que a Mercedes Portugal revelou que há um português, da região norte do país, que abriu os cordões à bolsa para poder pôr as mãos neste modelo exclusivo da Mercedes-AMG. “Só recebemos um. Foi vendido em agosto”, afirmou a marca. Para conseguir comprar o Project One teve de desembolsar qualquer coisa como 3.000.000 de euros. Ou seja, três milhões de euros.

Não é só o preço que impressiona neste modelo exclusivo. Há muitos outros números que encostam qualquer um ao banco, especialmente estes: cinco motores (um a gasolina e quatro elétricos), 1.000 cv de potência e mais de 350 km/h de velocidade máxima. Ou seja, praticamente três vezes mais do que o limite máximo permitido nas autoestradas nacionais.

Dos km/h, passamos para os segundos: o Project One, cujo arranque da produção só está previsto para 2019 e deverá estender-se até 2020, mantém em segredo o tempo que demora a cumprir os míticos zero aos 100 km/h, mas sabe-se que serão necessários menos de seis para chegar aos 200 km/h — o Bugatti Chiron demora 6,5 segundos a fazer o mesmo.

Há mais AMG

Este Project One não é, contudo, o único Mercedes-AMG a ser vendido no mercado nacional. A fabricante revelou, na apresentação dos números totais de 2017, que houve também clientes para o AMG GT Roadster e o AMG GT R.

Foram vendidos 21 AMG GT Roadster, modelo que está disponível em duas versões, com dois níveis de potência, o AMG GT de 476 cv que custa 180.100 euros e o AMG GT C de 557 cv (209.200 euros), mas também houve dois clientes para o AMG GT R. Só dois foram entregues, mas há mais oito destes automóveis ainda por entregar. O que tem de especial? 585 cv, 3,6 segundos dos zero aos 100 km/h e 318 km/h de velocidade máxima.

Comentários ({{ total }})

Mercedes vendeu um Project One em Portugal. Custou três milhões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião