Exército não dá mais informações sobre Tancos

  • ECO
  • 25 Janeiro 2018

Ramos das Forças Armadas alega que os processos disciplinares contêm informação pessoal dos militares.

O Exército português não vai dar mais nenhuma informação sobre o roubo de material militar de Tancos de junho passado, alegando que os processos disciplinares contêm informação de índole pessoal revela o jornal Público na edição desta quinta-feira.

A informação surge depois de o Exército ter concluído, na semana passada, os processos disciplinares instaurados a quatro militares.

Vicente Pereira, porta-voz do Exército refere, em declarações aquele diário, que os processos disciplinares contêm “matéria pessoal dos militares” pelo que mais “nenhuma informação será desclassificada“. O porta-voz disse ainda que o Exército já enviou toda a informação que lhe foi pedida sobre a matéria para o Ministério Público lembrando que a Comissão de Acesso aos Documentos Administrativos (CADA) estipula que a documentação que contenha informação de ordem pessoal não seja publicamente divulgada.

Já a semana passada, o chefe do Estado-Maior do Exército, general Rovisco Duarte tinha afirmado que o furto do material de guerra de Tancos era um “assunto encerrado”.

O Exército abriu quatro processos disciplinares internos, sendo a pena mais grave aplicada a um sargento do regimento de Engenharia 1, com uma punição de 15 dias sem sair da unidade militar, depois de ter sido provado que não mandou fazer as rondas como previsto.

O material roubado dos Paióis nacionais de Tancos, em junho passado, viria a ser recuperado em outubro na Chamusca, a cerca de 20 quilómetros do local furtado, após uma denúncia anónima.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Exército não dá mais informações sobre Tancos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião