Raposo Subtil associa-se a Baltazar Garzón

A Raposo Subtil e Associados assinou em janeiro um protocolo de colaboração com o escritório de advogados espanhol Ilocad, dirigido por Baltasar Garzón.

A Raposo Subtil e Associados assinou em janeiro um protocolo de colaboração com o escritório de advogados espanhol Ilocad, dirigido por Baltasar Garzón, e que tem como finalidade o apoio recíproco entre os profissionais das duas sociedades para o exercício da assessoria e defesa jurídica.

A Ilocad é um escritório de advogados que se desenvolveu através da visão de Baltasar Garzón e presta serviços de assessoria jurídica na área do Direito Penal, Direito Civil, Comercial e Direito Administrativo.

Na assinatura deste protocolo estiveram presentes em representação da Ilocad Baltásar Gárzon e o advogado Ricardo Arranz Pareja. Do lado da RSA Advogados, coube ao fundador da sociedade, António Raposo Subtil, assinar o acordo de colaboração.

Para António Raposo Subtil, a parceria é importante pois “vem reforçar os serviços que a RSA pode prestar, através de uma rede de parceiros de reconhecida competência, nas várias áreas de prática jurídica, com particular destaque, neste caso, para o Direito Penal e Compliance”.

Já para a Ilocad Baltasar Garzón Advogados, esta aliança representa “uma importante abordagem aos países de língua portuguesa, pois amplia a rede de serviços profissionais deste escritório a Portugal e aos territórios de língua portuguesa em África (Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau e Moçambique) através das diferentes áreas de ação da RSA, e reforça também a presença no Brasil.”

Baltasar Garzón tem experiência na área do Direito Penal, tendo sido juiz da Audiência Nacional, em Madrid, Espanha. Atualmente, lidera a defesa do fundador da WikiLeaks, Julian Assange, mas, anteriormente, enquanto juiz, ficou conhecido internacionalmente pela sua atuação no combate à criminalidade organizada e ao terrorismo, com especial enfoque na perseguição criminal dos envolvidos na rede terrorista “ETA”.

Esta é a segunda parceria da RSA em Espanha, depois de ter sido firmada uma outra no ano passado com um escritório sedeado em Toledo. Na Europa, a RSA tem ainda parceria com um escritório em Praga, na República Checa. A RSA Advogados é ainda membro fundador da RSA LP – Rede de Serviços de Advocacia de Língua Portuguesa, que junta em parceria vários escritórios de referência na Lusofonia, nomeadamente em Angola, Brasil, Cabo Verde e Moçambique.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Raposo Subtil associa-se a Baltazar Garzón

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião