Apps de transportes apostam no dia mais romântico do ano

Uber e Taxify lançam campanhas específicas no dia de S. Valentim.

Duas plataformas de transportes a operar em Lisboa decidiram aproveitar o dia de S. Valentim para lançarem campanhas especialmente dirigidas aos utilizadores apaixonados. A Uber tem cinco parcerias UberEATS com restaurantes para disponibilizar refeições aos casais sem nada planeado, enquanto a Taxify desloca-se por Lisboa para entregar rosas à sua cara-metade.

Sem planos para o S. Valentim? Uber ajuda

A pensar nos planos de última hora e em quem passou os últimos dias a dizer que não ia celebrar o dia dos namorados, a UberEATS desafiou cinco restaurantes em Lisboa a produzirem um menu especial com oferta da sobremesa. A ideia é “ajudar os casais a celebrarem sem filas nem reservas, sugerir um menu a dois e com apenas três toques na aplicação conseguir uma refeição em casa onde só têm de preparar as velas e aguardar pelo jantar… e no entretanto não serem vistos por colegas ou amigos!”, explica a empresa.

Na lista dos restaurantes parceiros estão o MadPizza (Chiado e Tivoli), o Cucina (Campo Pequeno e Tivoli), o Pasta non Basta, a Tasca Japonesa e o Gutsy (Arroios e Avenida da Liberdade).

Flores para os amores

Já a Taxify, a mais recente plataforma de transportes a lançar serviços em Lisboa, aproveita o dia dos namorados para fazer os clientes “ganhar pontos”: a opção “ROSA” na app funciona entre as 11 e as 18 horas desta quarta-feira e, ao encomendar um Taxify passa a ter acesso a entregar uma rosa
à sua cara metade. Para isso, a app explica:

  • Abra a APP e selecione a categoria “ROSA” (ícone coração)
  • Mova o pin para a morada onde a ROSA irá ser entregue (ponha a morada onde quer que ROSA seja entregue como “morada de recolha” na APP, pois isto irá permitir que a APP chame o carro com rosas mais próximos de lá)
  • Deixe o destino em branco
  • Clique no botão verde “Definir o local de recolha” e de seguida no botão “PEDIDO ROSA” para encomendar a rosa
  • Envie uma mensagem ou contacte o motorista com alguma instrução específica (por exemplo, nome da pessoa que vai receber a Rosa)
  • Acompanhe a entrega na App Taxify e no momento da chegada do motorista, ligue à sua cara-metade a informar que tem uma surpresa à porta! (O stock de rosas é limitado, portanto aproveite enquanto temos rosas para entregar)

 

O jornalismo continua por aqui. Contribua

Sem informação não há economia. É o acesso às notícias que permite a decisão informada dos agentes económicos, das empresas, das famílias, dos particulares. E isso só pode ser garantido com uma comunicação social independente e que escrutina as decisões dos poderes. De todos os poderes, o político, o económico, o social, o Governo, a administração pública, os reguladores, as empresas, e os poderes que se escondem e têm também muita influência no que se decide.

O país vai entrar outra vez num confinamento geral que pode significar menos informação, mais opacidade, menos transparência, tudo debaixo do argumento do estado de emergência e da pandemia. Mas ao mesmo tempo é o momento em que os decisores precisam de fazer escolhas num quadro de incerteza.

Aqui, no ECO, vamos continuar 'desconfinados'. Com todos os cuidados, claro, mas a cumprir a nossa função, e missão. A informar os empresários e gestores, os micro-empresários, os gerentes e trabalhadores independentes, os trabalhadores do setor privado e os funcionários públicos, os estudantes e empreendedores. A informar todos os que são nossos leitores e os que ainda não são. Mas vão ser.

Em breve, o ECO vai avançar com uma campanha de subscrições Premium, para aceder a todas as notícias, opinião, entrevistas, reportagens, especiais e as newsletters disponíveis apenas para assinantes. Queremos contar consigo como assinante, é também um apoio ao jornalismo económico independente.

Queremos viver do investimento dos nossos leitores, não de subsídios do Estado. Enquanto não tem a possibilidade de assinar o ECO, faça a sua contribuição.

De que forma pode contribuir? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

Obrigado,

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Apps de transportes apostam no dia mais romântico do ano

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião