Critical Software vai abrir quatro centros de engenharia. E está a recrutar engenheiros

A empresa de Coimbra anunciou a abertura de quatro pólos em Vila Real, Viseu, Tomar e Évora. Critical Software está a recrutar 60 engenheiros e admite que este número pode aumentar até ao fim do ano.

A Critical Software, empresa liderada por Gonçalo Quadros, vai abrir quatro novos centros de engenharia em abril. As cidades escolhidas são Vila Real, Viseu, Tomar e Évora.

A empresa adianta em comunicado que “está empenhada em contrariar a tendência do êxodo das populações — designadamente dos mais jovens e das empresas — para as grandes cidades do litoral, abrindo escritórios no interior do país”.

Para estes quatro centros, a Critical Software está já a recrutar, estando a empresa há procura de 60 engenheiros de software. Um número que a empresa, com sede em Coimbra, admite que deverá crescer até ao final do ano.

A abertura destes novos centros está a ser feita em articulação com as entidades locais, autarquias e instituições de ensino superior.

Em comunicado, Gonçalo Quadros, afirma que “com a abertura destes quatro novos escritórios estamos a dizer às pessoas que vivem no interior do país, que não precisam de abandonar os lugares onde têm as suas famílias, as suas raízes e uma qualidade de vida excecional, para concretizarem os seus sonhos. As pessoas não precisam de vir ter connosco porque a Critical Software vai ter com elas”.

Uma opção que o CEO da empresa admite distingue a tecnológica portuguesa: “A Critical vence em domínios de engenharia cheios de desafios fantásticos como o espacial, o da aeronáutica, ou o automóvel. E consegue-o precisamente graças à sua capacidade de chegar aos mais competentes, ambiciosos e sonhadores. É o que estamos a fazer, mais uma vez”.

Esta expansão da Critical Software, que este ano faz duas décadas, acontece depois de em 2017 ter contratado 150 engenheiros e de ter inaugurado um escritório no centro do Porto. Também a nível internacional a empresa reforçou a presença no mercado do Reino Unido e abriu uma nova subsidiária na Alemanha.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Critical Software vai abrir quatro centros de engenharia. E está a recrutar engenheiros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião