MLGTS assessora Violas SGPS

  • ADVOCATUS
  • 21 Fevereiro 2018

A sociedade MLGTS assessorou a Violas SGPS na compra ao BPI por 233 milhões de euros de uma participação na VIACER, acionista maioritária da Super Bock Group.

Eduardo Verde Pinho e Fábio Castro Russo, advogados da Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva & Associados (MLGTS), assessoraram recentemente a Violas SGPS, na compra ao Banco BPI e ao Fundo de Pensões do Banco BPI, por 233 milhões de euros, de uma participação de 25% do capital da VIACER, acionista maioritária da Super Bock Group.

Com a compra referida, cuja eficácia está dependente da não oposição da autoridade da concorrência competente, a Violas SGPS vai ver a sua participação na VIACER aumentada de 46,5% para 71,5%, passando, por conseguinte, a deter a maioria do capital social da VIACER e, indiretamente, da Super Bock Group.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

MLGTS assessora Violas SGPS

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião