A tarde num minuto

  • Rita Frade
  • 22 Fevereiro 2018

Não teve tempo de ler as notícias esta tarde? Fizemos um best of das mais relevantes para que fique a par de tudo o que se passou, num minuto.

A empresa têxtil de Barcelos demonstrou interesse nos ativos da Ricon. Mas para já, garante o administrador de insolvência da Ricon, ainda não há nada de concreto. Os lucros do Banco Central Europeu (BCE) ascenderam a 1,275 mil milhões de euros em 2017, um aumento de 6,9% face ao ano anterior, anunciou esta quinta-feira a entidade.

A empresa têxtil Valérius está interessada nos ativos da ex-Ricon. A informação foi avançada ao ECO por Pedro Pidwell, administrador de insolvência da Ricon, depois de a SIC Notícias avançar que o grupo de Barcelos estaria interessado em contratar cerca de 200 trabalhadores da ex-Ricon, com quem terá inclusive reunido esta manhã.

O lucro do Banco Central Europeu (BCE) aumentou 6,9% (82 milhões de euros) em 2017, face a 2016, para 1,275 mil milhões de euros, anunciou esta quinta-feira a entidade.

Vítor Constâncio recebeu 340 mil euros no último ano enquanto vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE). Ou seja, 28.350 euros brutos por mês, mais de 900 euros por dia. O português vai agora ser substituído por Luis De Guindos, ministro das Finanças espanhol, depois de a Irlanda ter anunciado no início desta semana que decidiu retirar a candidatura do governador do banco central para a vice-presidência do BCE.

A dúvida instalou-se: a nova Diretiva dos Mercados de Instrumentos Financeiros II (DMIF II), que visa reforçar a proteção dos clientes nos investimentos financeiros, também se aplica aos produtos mutualistas do Montepio?

Os advogados que trabalhem em escritórios de advogados ou sociedades de advogados mas apenas como “colaboradores” podem passar a ter direitos acrescidos relativamente a outros colegas, como por exemplo, que sejam sócios ou associados em escritórios.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

A tarde num minuto

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião