Jerónimo Martins perde mil milhões numa só sessão. Bolsa afunda

  • Tiago Varzim
  • 1 Março 2018

Após apresentar os resultados esta quarta-feira, a cotada caiu quase 10%. O PSI-20 caiu 1,68%.

Foi um dia negro para a Jerónimo Martins depois de apresentar uma queda de 35% nos lucros em 2017. A empresa liderada por Pedro Soares dos Santos perdeu mais de mil milhões de euros numa só sessão. A cotada caiu quase 10%, levando a bolsa nacional a cair mais de 1%.

Os lucros da Jerónimo Martins foram penalizados em 2017 pelo ano de comparação. Em 2016 o grupo tinha vendido a Monterroio, o que aumentou os lucros em 6,7%. No ano passado, os lucros registaram uma quebra de 35% para os 385 milhões de euros.

Ainda assim, o grupo vai pagar mais dividendos: 0,0613 euros por ação em 2017 face a 0,605 euros por ação em 2016. Porém, os investidores ficaram desiludidos com os resultados. Além das margens do negócio terem caído, o cash flow ficou aquém do esperado no último trimestre do ano.

Perante estes números, as ações caíram 9,73% para 15,40 euros — a maior queda diária desde outubro de 2014. Na sessão anterior, os títulos da cotada fecharam nos 17,06 euros por ação. Contas feitas, o valor de mercado da dona do Pingo Doce encolheu em 1.043 milhões de euros, caindo para 9.677 milhões de euros.

Questionado sobre a derrapagem das ações, Pedro Soares dos Santos foi perentório na resposta: “Não, não levanta preocupações”. Mas além de eliminar um elevado valor à empresa, ditou uma queda expressiva da bolsa nacional num dia em que quase todos os títulos recuaram. O PSI-20 registou a maior queda num mês, recuando 1,68% para 5.376,33 pontos.

16 cotadas derraparam esta quinta-feira. Uma delas foi a EDP. No dia em que apresenta as contas, os títulos elétrica nacional desvalorizaram 1,24% para os 2,71 euros por ação. Além disso, a Galp também protagonizou uma das principais quedas desta sessão com uma desvalorização de 2,05% para os 14,56 euros por título.

Apenas o BCP e a REN conseguiram ficar acima da linha de água: as ações do banco aumentaram 1,25% para os 29,87 cêntimos e as ações da energética valorizaram 0,32% para os 2,48 euros.

(Notícia atualizada às 17h02)

Comentários ({{ total }})

Jerónimo Martins perde mil milhões numa só sessão. Bolsa afunda

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião