Lisboa inverte o rumo. Universo EDP dá energia à bolsa

Bolsa de Lisboa mudou de rumo e já segue no verde. Ganhos em torno de 1% da EDP e da EDP Renováveis suportam o PSI-20 em alta.

A bolsa de Lisboa iniciou a semana com perdas na ordem dos 0,5%, mas rapidamente inverteu de rumo apoiada pela valorização das ações do universo EDP, mas também da Nos e Navigator.

O PSI-20 segue a valorizar 0,21%, para os 5.378,2 pontos, com 11 títulos em terreno positivo e sete em queda, com a bolsa nacional a seguir o rumo das pares europeias que parecem não valorizar o aparente impasse eleitoral em Itália. O índice europeu Stoxx 600 segue a a ganhar 0,58%.

Os títulos do universo EDP são os que mais ajudam a suportar o rumo da bolsa nacional. As ações da EDP somam 0,79%, para os 2,811 euros, no dia em que o Jornal de Negócios (acesso pago) avança que a EDP não terá de pagar uma multa de 7,5 milhões de euros, naquela que seria a coima mais alta de sempre aplicada pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE).

Por sua vez, a EDP Renováveis avança 0,78%, para os 7,14 euros em bolsa. O mesmo sentido é seguido pela Nos, com as suas ações a valorizarem 1,5%, para os 4,876 euros, enquanto as da Navigator dão fôlego adicional com um ganho de 0,65%, para os 4,326 euros.

Em terreno negativo, destaque para o BCP que se mantém no vermelho, travando o avanço do PSI-20. As ações do banco liderado por Nuno Amado recuam 0,93%, para os 30,92 cêntimos, apesar de o BCP ter anunciado que vai ser reintegrado no Stoxx 600 na passada quinta-feira. A contribuir para este cenário de perdas estão ainda os CTT. Os títulos da empresa liderada por Francisco Lacerda recuam 0,67%, para os 3,286 euros.

(Notícia atualizada às 10h20 com novas cotações)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Lisboa inverte o rumo. Universo EDP dá energia à bolsa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião