“O que vai mudar na proteção de dados?”

A sociedade de advogados Nuno Cerejeira Namora, Pedro Marinho Falcão & Associados inicia dia 9 de o curso de “Formação Aplicada: Regulamento Geral de Proteção de Dados”, na Universidade Portucalense.

A sociedade de advogados Nuno Cerejeira Namora, Pedro Marinho Falcão & Associados inicia este mês o curso de “Formação Aplicada: Regulamento Geral de Proteção de Dados”, na Universidade Portucalense, com o objetivo dar a conhecer as grandes alterações e obrigações impostas pelo novo Regulamento Geral de Proteção de Dados.

O curso tem a participação da equipa de Proteção de Dados da sociedade de advogados que dará uma formação sólida no âmbito jurídico. No decorrer da formação serão analisados os princípios, direitos e obrigações que o novo Regulamento apresenta e os mecanismos que instituiu para a proteção de dados. O conhecimento das novas regras é fundamental para estabelecer e perspetivar as alterações que a implementação do novo regulamento vai trazer às nas empresas e instituições.

O curso terá uma duração de 18 horas e as sessões serão divididas pelas seguintes temáticas:

  • Proteção de dados no século XXI;
  • Direitos e tratamento;
  • Obrigações das organizações;
  • DPO e transferências;
  • Data Breach e Cibersegurança;
  • Engenharia social.

O curso tem como objetivo ajudar a identificar e compreender o alcance do novo Regulamento Geral de Proteção de Dados. Com uma vertente prática, no final do curso os alunos serão capazes de conhecer as principais alterações legislativas no âmbito da proteção de dados dentro das empresas e instituições nas quais exercem funções ou das quais são consultores.

Para Nuno Cerejeira Namora “face a este novo regulamento de proteção de dados as empresas poderão ou não optar por apoio externo, no entanto consideramos imprescindível que alguns quadros das empresas, sobretudo os RH, IT e Legal tenham formação e estejam bem informados sobre este novo paradigma que se impõe às empresas”.

Comentários ({{ total }})

“O que vai mudar na proteção de dados?”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião