BCP em alta no dia em que regressa ao Stoxx 600

O banco abriu a subir mais de 0,8% no dia em que volta a estar sob o radar dos grandes investidores, mas os ganhos não chegam para fazer subir o PSI-20. F. Ramada estreia-se com queda de 1,5%.

O BCP arrancou a semana a subir mais de 0,8%, no dia em que regressa ao Stoxx Europe 600 Index, o índice acionista de referência a nível europeu. O banco liderado por Nuno Amado recupera assim das perdas registadas na semana passada, mas os ganhos não são suficientes para fazer subir o PSI-20.

O banco abriu a valorizar mais de 0,8%, mas aliviou os ganhos e segue agora a subir 0,32%, para os 27,9 cêntimos por ação. A contribuir para este movimento está o regresso ao Stoxx 600, que marca também o regresso do BCP ao radar dos grandes investidores. O BCP integra de novo o índice na posição 491, depois de ter abandonado o Stoxx 600 em setembro de 2016.

BCP em alta

Também a EDP Renováveis segue em alta, a somar 0,46%, para os 7,65 euros por ação, assim como a EDP, que avançar 0,07%, para os 3,055 euros por ação.

Os ganhos das grandes cotadas não são, contudo, suficientes para impulsionar o principal índice acionista nacional. O PSI-20 está a recuar 0,10%, para os 5.430,80 pontos, com seis cotadas em alta e as restantes em queda.

A sessão fica também marcada pela estreia da F. Ramada, uma empresa industrial fundada há mais de 80 anos, nascida da cisão da Altri. Na estreia no PSI-20, está a cair 1,53%, para os 12,90 euros por ação.

Lisboa segue a acompanhar a tendência negativa do resto da Europa. O destaque vai para a praça francesa, que está a perder mais de 0,4%, enquanto o Stoxx 600 recua 0,13%. Este movimento acontece numa altura em que os investidores aguardam por uma decisão da Reserva Federal norte-americana, que, esta semana, deverá aumentar as taxas de juro nos Estados Unidos.

Notícia atualizada pela última vez às 08h20 com mais informação.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BCP em alta no dia em que regressa ao Stoxx 600

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião