Ex-procurador Orlando Figueira sai em liberdade

  • ECO e Lusa
  • 20 Março 2018

Orlando Figueira, investigado por suspeitas de ter sido corrompido pelo ex-vice-Presidente angolano Manuel Vicente, foi libertado esta terça-feira. Estava em prisão domiciliária.

O ex-procurador Orlando Figueira foi libertado esta terça-feira, dois anos depois de ter sido detido por suspeitas de ter sido corrompido pelo antigo vice-Presidente angolano, Manuel Vicente. Orlando Figueira encontrava-se em prisão domiciliária com pulseira eletrónica desde junho de 2016. É o principal arguido da “Operação Fizz”.

A medida de coação foi alterada estando Orlando Figueira obrigado a entregar o passaporte de modo a não poder ausentar-se do país e, acontece depois de o arguido ter pedido para ser ouvido pelo coletivo de juízes a fim de ser reavaliada a prisão domiciliária.

Sobre a proibição de contactos, segundo a advogada Carla Marinho, os juízes ainda não tomaram qualquer decisão. Depois de conhecer a decisão, Orlando Figueira disse aos jornalistas que ia para casa esperar pelos técnicos da equipa de reinserção social para remoção do dispositivo.

Orlando Figueira que responde em tribunal por corrupção, branqueamento, falsidade e violação do segredo de justiça, alegou várias vezes a sua inocência.

Na semana passada, o juíz Carlos Alexandre, amigo de Figueira, testemunhou a seu favor.

Em causa na Operação Fizz está o arquivamento, por parte de Orlando Figueira, de um processo relacionado com Manuel Vicente, ex-presidente da Sonangol e vice-presidente de Angola e em que este era visado como suspeito de branqueamento de capitais. O Ministério Público suspeita que Figueira terá recebido 760 mil euros pelo arquivamento do processo.

(Notícia atualizada às 17h43 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ex-procurador Orlando Figueira sai em liberdade

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião