GSK desiste da corrida a unidade da Pfizer. Não dá 20 mil milhões

  • Ana Batalha Oliveira
  • 23 Março 2018

A GSK era vista como a principal candidata para adquirir a unidade de cuidados de saúde da Pfizer, isto depois de a empresa Reckitt Benckiser ter anunciado a desistência na última quarta-feira.

A Pfizer queria angariar 20 mil milhões de dólares em leilão, mas a GSK acaba de sair da corrida para a compra da unidade de cuidados de saúde da empresa de biofármacos, avança a Reuters. A meta dos 20 mil milhões fica assim mais difícil de alcançar.

A GSK era vista como a principal candidata para adquirir a unidade da Pfizer, isto depois de a empresa Reckitt Benckiser ter anunciado a desistência na última quarta-feira. Não é claro se a Advil e a Centrum estarão interessadas, mas o prazo para as ofertas termina esta semana.

“Embora continuemos a rever oportunidades que possam acelerar a nossa estratégia, estas devem cumprir com os nossos critérios em termos de retorno e não comprometer as nossas prioridades para a a alocação de capital” justificou Emma Walmsley, CEO da GSK. As ações da GSK estão a subir mais de 3%, com os acionistas mais otimistas quanto à política de dividendos da empresa.

A Pfizer diz que continua a avaliar as possibilidades para o negócio. “Ainda não tomámos uma decisão, mas esperamos tomá-la em 2018”, garantiu fonte oficial. Esta é a quinta maior empresa do setor.

Comentários ({{ total }})

GSK desiste da corrida a unidade da Pfizer. Não dá 20 mil milhões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião