MilKEE. Há 146 mil euros para três mil produtores de leite

  • Lusa
  • 27 Março 2018

Projeto tem como objetivo despertar a indústria leiteira para a eficiência no uso de recursos energético e de água. MilKEE deve atingir três mil produtores com investimento de 156 mil euros.

O projeto MilKEE, que visa a capacitação e mobilização das explorações leiteiras para a eficiência no uso de recursos, pretende atingir três mil produtores de leite com um investimento de 146 mil euros.

A iniciativa, que surge no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR 2020) e que durará um ano, pretende incidir, sobretudo, nos domínios da melhoria da eficiência na utilização da água e da energia pelo setor agrícola, na melhoria da eficiência da utilização de subprodutos e na facilitação do fornecimento e utilização de fontes de energia renováveis.

Desta forma, o MilKEE quer caracterizar os sistemas relacionados com os consumos de energia e água, com o objetivo de mostrar aos produtores o peso que tem o consumo de recursos nos seus custos.

O consórcio que integra o projeto é liderado pela Confederação nacional das Cooperativas Agrícolas e do Crédito Agrícola de Portugal (CONFAGRI) e conta ainda com a parceria do ISQ, da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, da União de Cooperativas de Entre o Douro e Minho e Trás-os-Montes (AGROS), da União de Cooperativas de Produtores de Leite de Entre Douro e Mondego (LACTICOOP) e da Cooperativa Agrícola de Produtores de Leite (PROLEITE).

“Com o projeto MilKEE, o consórcio pretende promover a competitividade dos produtores de leite através da diminuição dos custos de produção, mostrando que é possível ter explorações mais competitivas e em simultâneo ambientalmente mais sustentáveis, atuando nas vertentes da água, energia e efluentes”, disse, em comunicado, a coordenadora de Investigação e Desenvolvimento do ISQ, Sílvia Vara.

Os principais objetivos a alcançar durante o projeto incluem ainda a criação e desenvolvimento de conhecimento para o setor leiteiro no domínio da utilização eficiente de recursos, tipificação de boas práticas para a utilização de efluentes de bovinicultura leiteira na floresta, capitalização de informação de outros projetos e transferir boas práticas para o setor leiteiro e florestal, bem como a sensibilização dos produtores de leite e das cooperativas, demonstrando os benefícios da bioeconomia e da utilização eficiente dos recursos.

Comentários ({{ total }})

MilKEE. Há 146 mil euros para três mil produtores de leite

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião