Lançado concurso para o segundo troço Évora-Elvas

  • Lusa
  • 29 Março 2018

Com um prazo de execução de dois anos, a obra a concurso contempla a construção da plataforma de via-férrea, numa extensão total de 20,5 quilómetros, ficando preparada para a futura duplicação da via.

A empresa Infraestruturas de Portugal (IP) lançou esta quinta-feira o concurso público internacional para a construção do segundo troço da nova linha ferroviária entre Évora e Elvas, com um valor base de 105 milhões de euros.

Segundo um comunicado da IP enviado à agência Lusa, o concurso, lançado no âmbito do Programa Ferrovia 2020, diz respeito ao troço entre Freixo e Alandroal e garante a continuidade do troço entre Évora Norte e Freixo, empreitada lançada no dia 5 deste mês.

Com um prazo de execução de dois anos, a obra a concurso contempla a construção da plataforma de via-férrea, numa extensão total de 20,5 quilómetros, ficando preparada para a futura duplicação da via, adianta a IP. A intervenção inclui terraplenagem para materialização do novo canal ferroviário, drenagem longitudinal e transversal, execução de uma estação técnica e 17 obras de arte correntes e 10 especiais e a construção de caminhos paralelos e de acesso e emergência.

De acordo com a IP, a nova linha entre Évora e Elvas, que integra o Corredor Internacional Sul, terá uma extensão total de cerca de 100 quilómetros, 80 dos quais de construção nova, em via única eletrificada sobre plataforma para via dupla e preparada para receber a bitola europeia. O projeto é apoiado por fundos comunitários através do programa Mecanismo Conectar Europa (CEF), ao abrigo de contratos de cofinanciamento com comparticipações que variam entre 40 e 50%.

A nova ferrovia entre Évora e a fronteira de Caia (Elvas), no distrito de Portalegre, custará, ao todo, nos próximos anos, mais de 500 milhões de euros. A obra de construção da nova linha deverá começar até março de 2019 e a conclusão está programada para o primeiro trimestre de 2022, num custo de 509 milhões de euros (quase metade provenientes de fundos europeus), segundo o Ministério do Planeamento e das Infraestruturas.

O Plano Ferrovia 2020, que promove as ligações com Espanha e a modernização dos principais eixos ferroviários, engloba, no total, um investimento superior a dois mil milhões de euros, dando especial destaque ao transporte de mercadorias e ao transporte público de passageiros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Lançado concurso para o segundo troço Évora-Elvas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião