Vendas de subprime custam dois mil milhões ao Barclays

  • Ana Batalha Oliveira
  • 29 Março 2018

O Barclays vai pagar, dez anos depois, pelas vendas de créditos hipotecários de alto risco (subprime) que fez durante a crise do imobiliário americana, sem os devidos alertas aos clientes.

O Barclays concordou pagar dois mil milhões como penalização pelas práticas de marketing utilizadas entre 2005 e 2007, avançou a Bloomberg. Em causa estão 36 vendas de créditos hipotecários de alto risco, produtos que estiveram no centro da crise do imobiliário que estalou em 2008 nos EUA.

A investigação chegou agora ao fim. Visava 31 mil milhões em empréstimos, mais de metade daqueles que entraram em incumprimento, informou o Departamento da Justiça esta quinta-feira. O processo incidiu sobre dois ex-executivos do banco, Paul Menefee e John Carroll, que concordaram pagar dois mil milhões sem admitir culpa.

Laura Wertheimer, inspetora da Federal Housing Finance Agency (FHFA), anunciou que “este acordo responsabiliza quem negligenciou, roubou ou abusou de fundos em interligação com a FHFA ou qualquer uma das entidades reguladoras“, ações que determinaram “enormes perdas” para os investidores.

Para o CEO do banco, Jes Staley, este foi um acordo “justo e proporcional” e que não afetará a política de distribuição de dividendos — a fasquia mantém-se nos 6,5 pences britânicos previstos para 2018.

Menefee manteve a posição de que as acusações de que foi alvo não tinham “qualquer base”, dizem os advogados, pelo que terá aceite o acordo com o objetivo de “ultrapassar o assunto”. O processo estava em discussão desde a Administração de Barack Obama.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Vendas de subprime custam dois mil milhões ao Barclays

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião