Banco Best fecha 2017 com lucros de três milhões

  • Juliana Nogueira Santos
  • 2 Abril 2018

Enquanto os depósitos aumentarem 12% e o crédito 17%, o setor de investimento também cresceu a dois dígitos, ultrapassando o volume global de 911 milhões de euros.

O Banco Best fechou o ano de 2017 com um resultado líquido positivo de três milhões de euros, impulsionados pelo crescimento de dois dígitos dos depósitos e do crédito e da liquidez.

Em comunicado, o banco informa que os depósitos de clientes avançaram 12%, enquanto a concessão de crédito cresceu 17%. A instituição liderada por Madalena Torres obteve também o rácio Core Tier 1 de 34%, algo que, segundo o Best comprova “a solidez do banco”.

Já no que diz respeito à liquidez, o banco apresentou um nível “muito elevado” com um rácio de transformação de depósitos em crédito de 32%. Isto permite ao banco manter-se “ao nível dos melhores do mercado nacional”.

“A independência da oferta bem como a estratégia diferenciadora assente na inovação e numa permanente proximidade com os Clientes ditaram os resultados positivos”, refere a CEO do Banco Best, no mesmo documento.

Para além dos resultados do setor bancário, o setor de investimento registou um desempenho mais forte relativamente aos anos anteriores, tendo crescido 11% e ultrapassado, pela primeira vez, um volume global de 911 milhões de euros.

Comentários ({{ total }})

Banco Best fecha 2017 com lucros de três milhões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião