Tiroteio na sede do YouTube. Há vários feridos

  • ECO
  • 3 Abril 2018

A sede da rede social de vídeos foi palco de um ataque por parte de uma mulher que é, para já, a única vítima mortal. Há registo de vários feridos.

O YouTube foi alvo de um ataque. Uma mulher entrou na sede da rede social de vídeos com uma arma, tendo ferido vários funcionários da empresa norte-americana. A responsável é, para já, a única vítima mortal. As autoridades afirmam que já não há perigo.

Foi ao final da noite em Lisboa, tarde em San Bruno, no Estado da Califórnia, que uma mulher armada irrompeu pelas instalações do YouTube. “Estávamos numa reunião quanto ouvimos pessoas a correr. Achámos que era um tremor de terra”, relatou Todd Sherman, gestor de produto da rede do social no Twitter.

Tratou-se de um ataque que provocou, pelo menos, quatro feridos na sede da empresa. Há um morto que, de acordo com vários meios de comunicação internacional, se trata da responsável pelo tiroteio.

Várias centenas de funcionários do YouTube tiveram de abandonar as instalações por ordem da polícia de San Bruno que respondeu às várias chamadas que recebeu devido a este ataque. A Google, dona do YouTube, abriu de imediato uma linha de emergência para os funcionários.

A polícia, que tinha solicitado à população para se manter afastada do local, já veio afirmar que já não existe perigo. A mulher morreu, suspeitando-se de suicídio, e quatro funcionários feridos foram transportados para o hospital Zuckerberg.

(Notícia atualizada às 22h52 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Tiroteio na sede do YouTube. Há vários feridos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião