Direto António Costa: “Nacionalização do Novo Banco teria custado entre 4 e 4,7 mil milhões”

O debate quinzenal no Parlamento esta quinta-feira passou pela discussão do financiamento das artes e cultura, mas também pela possibilidade de nacionalização do Novo Banco.

Os Verdes arrancaram o debate quinzenal desta quinta-feira com o tema do subfinanciamento das artes e cultura, após o primeiro-ministro ter enviado uma carta aos agentes do setor onde anunciou um aumento de 2,2 milhões de euros. António Costa garantiu que serão abrangidas mais 43 entidades culturais depois do aumento da dotação.

A esquerda, além de criticar a situação orçamental na cultura, também voltou a criticar o Governo por ter optado por vender o Novo Banco em vez de o nacionalização. O primeiro-ministro disse que “a nacionalização do Novo Banco iria custar entre 4 a 4,7 mil milhões de euros” e que o que está a acontecer agora é um empréstimo e não uma injeção no banco.

Leia as intervenções do debate quinzenal aqui.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

António Costa: “Nacionalização do Novo Banco teria custado entre 4 e 4,7 mil milhões”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião