Lisboa vai ter 150 carros elétricos para circular pela cidade. Emov chega dia 18

Depois das bicicletas elétricas, chegam os carros movidos a eletricidade. Vão estar disponíveis em vários pontos da capital, que se estendem desde a zona de Belém até ao Parque das Nações.

Circular pela capital vai passar a ser possível num carro elétrico alugado. Dentro de dias, Lisboa vai receber 150 Citroën C-Zero, movidos a eletricidade, que vão estar disponíveis em vários pontos da cidade. Desde o Parque das Nações até à zona de Belém, os condutores vão poder chegar mais rapidamente aos destinos, sem prejudicar o ambiente.

A rede emov vai trazer a partir de 18 de abril veículos elétricos disponíveis para todos. Este novo serviço 100% elétrico vai englobar uma área com mais de 39 quilómetros quadrados, onde se inclui o Aeroporto Humberto Delgado. “A partir dessa data, a a nova proposta de carsharing vai disponibilizar uma frota totalmente elétrica composta por 150 veículos Citroën C-Zero de quatro lugares, uma solução ideal para as deslocações diárias pela capital“, explica a empresa em comunicado.

Para usufruir do serviço, o utilizador tem de se registar no site da emov ou na respetiva aplicação. Nesta área inicial, “os utilizadores terão a possibilidade de deixar a viatura estacionada em áreas reguladas, sem ter de pagar por isso“.

Até ao dia 17 de abril, a emov vai oferecer aos utilizadores um registo gratuito e ainda 20 minutos de utilização para que possam experimentar o serviço. Para isso basta introduzir o código “Lisboa20” no momento de preenchimento do formulário de registo.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Lisboa vai ter 150 carros elétricos para circular pela cidade. Emov chega dia 18

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião