Infarmed em risco de não ir para o Porto

  • ECO
  • 28 Abril 2018

O grupo de trabalho criado para analisar a transferência do Infarmed para o Porto pondera desistir da sua missão. Conselho diretivo da entidade terá colocado "muitos obstáculos".

O grupo de trabalho encarregue de analisar a viabilidade da mudança do Infarmed para o Porto pondera desistir da sua missão. Segundo o Jornal de Notícias (acesso pago), o conselho diretivo do Infarmed terá colocado muitos obstáculos a este estudo sobre a deslocalização da entidade de Lisboa para a cidade Invicta.

O estudo que deveria analisar a relação custo-benefício da transferência do Infarmed da capital para o Porto, identificar riscos e vantagens e analisar o impacto nos funcionários desta entidade está “seriamente comprometido”, avança o jornal, referindo que o conselho diretivo do Infarmed colocou “tantos obstáculos” ao estudo sobre a mudança que o grupo de trabalho, criado em dezembro do ano passado, pondera desistir.

Foi no final do ano passado que o ministro da Saúde, Adalberto Campos, disse estar convicto de que a decisão política” do Governo sobre o Infarmed “será suportada” pela avaliação técnica e científica rigorosa de um grupo de trabalho “muito qualificado”.

Adalberto Campos Fernandes sublinhou então que o grupo de trabalho “é um grupo muito qualificado, com vários ex-presidentes do Infarmed, vários professores universitários, várias pessoas muito ligadas ao setor do medicamento”, e vai ter tempo para fazer o seu trabalho, pois “tem seis meses para que esse estudo seja aprofundado”. “Como nós sempre dissemos, com tempo, com os dados em cima da mesa, com uma avaliação técnica e cientifica rigorosa, a decisão politica será suportada e será assistida com esse documento”, declarou.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Infarmed em risco de não ir para o Porto

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião