Carlos Liberato Baptista demite-se de presidente da ADSE

  • ECO
  • 30 Abril 2018

O dirigente do subsistema de saúde dos funcionários públicos terá apresentado a demissão esta segunda-feira por motivos pessoais.

O presidente da ADSE apresentou esta segunda-feira a demissão do cargo, de acordo com o jornal Público. Carlos Liberato Baptista liderava o subsistema de saúde dos funcionários públicos desde janeiro de 2017, e terá saído por razões pessoais.

Contactado pelo ECO, o ministério da Saúde que, juntamente com as Finanças, tutela a ADSE assinalou que o ministro Adalberto Campos Fernandes aceitou a demissão do presidente do subsistema, que alegou motivos pessoais.

Decorrem nas últimas semanas as negociações entre a ADSE e e a Associação Portuguesa da Hospitalização Privada (APHP) para a determinação dos valores finais na tabela de preços para a prestação de cuidados de saúde. Na sexta-feira passada, a ADSE apresentou as suas contas de 2017 ao Conselho Geral e de Supervisão, dando a conhecer que, apesar de ainda ter um excedente, as suas receitas crescem a uma velocidade muito inferior à das despesas.

Carlos Liberato Baptista era diretor-geral da ADSE desde 2015, e em 2017, quando a ADSE passou a ser um instituto público, foi então convidado para presidir ao instituto.

Notícia atualizada às 22:25 com informação do Ministério da Saúde.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Carlos Liberato Baptista demite-se de presidente da ADSE

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião