Santander Totta sobe lucro. Crédito às empresas dispara 50%

  • Rita Atalaia
  • 30 Abril 2018

O banco liderado por António Vieira Monteiro terminou os primeiros três meses do ano com lucros de 130,5 milhões de euros. É um aumento de 5% face ao ano anterior.

O Santander Totta registou lucros de 130,5 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano, um aumento face aos 124,3 milhões no mesmo período do ano passado. De acordo com a instituição financeira liderada por António Vieira Monteiro, este resultado acompanha o forte crescimento da margem financeira para o qual contribuiu o aumento das comissões.

“Temos um banco rentável, com um produto bancário que cresceu 11%”, afirma o presidente do Santander Totta, António Vieira Monteiro, acrescentando ainda que o número de clientes aumentou. “Somos um banco sólido”, sublinha. O banco detido pelo Grupo Santander apresentou um “resultado líquido de 130,5 milhões de euros, que corresponde a uma subida de 5% em relação ao período homólogo”, lê-se nos resultados referentes aos primeiros três meses do ano.

Este resultado justifica-se pelo crescimento de 34,6% da margem financeira para 231,2 milhões de euros, “refletindo o crescimento orgânico e a integração do ex-Banco Popular Portugal”. Já as comissões líquidas aumentaram 10,2% para 93,9 milhões de euros, “beneficiando, essencialmente, do impacto positivo das comissões de fundos e seguros comercializados pelo banco, e de meios de pagamento”.

“O trimestre foi marcado pela recuperação dos rácios de capital”, refere Manuel Preto, administrador financeiro do Totta. O rácio CET1 , totalmente implementado, atingiu os 15,1%.

Crédito às empresas aumenta quase 50%

O Santander Totta aumentou em 46,1% o crédito às empresas. “O crescimento que o banco tem vindo a ter é evidente”, afirma o presidente do banco, salientando, contudo, que “a procura por crédito continua abaixo dos níveis necessários”.

Já o crédito à habitação cresceu, mas menos: 12,5%. “Assistimos a um movimento, mas ainda está relativamente longe do que se passava antes da crise. Os números que temos hoje não se comparam com os que tínhamos antes da crise”, refere Vieira Monteiro.

(Notícia atualizada às 12h37 com mais informação)

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Santander Totta sobe lucro. Crédito às empresas dispara 50%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião