Volume de negócios no comércio a retalho acelera em março

  • Lusa
  • 30 Abril 2018

Subida homóloga dos produtos alimentares levou ao crescimento do volume de negócios no comércio a retalho em março. Registou-se assim um aumento homólogo de 5,1%, superando a variação de fevereiro.

O volume de negócios no comércio a retalho recuperou em março, devido aos bens alimentares, registando um aumento homólogo de 5,1%, acima da variação homóloga de 4,3% em fevereiro, revelou, esta segunda-feira, o Instituto Nacional de Estatística (INE).

A aceleração do índice total foi determinada pela subida homóloga de 6,2% dos produtos alimentares, quando no mês anterior tinham aumentado 3,6%.

O agrupamento dos produtos não alimentares teve um aumento homólogo de 4,3%, inferior à subida de 4,9% em fevereiro face ao mesmo mês do ano anterior.

Os índices de emprego, de remunerações e de horas trabalhadas ajustadas de efeitos de calendário, apresentaram taxas de variação homóloga de 3,7%, 3,4% e 0,4%, respetivamente, mantendo ou descendo face aos aumentos de 3,7%, 4,7% e 0,3% em fevereiro, pela mesma ordem.

No primeiro trimestre deste ano, as vendas no comércio a retalho subiram 5,1% em termos homólogos, acima do aumento de 4,4% no quarto trimestre de 2017, com os agrupamentos de produtos alimentares e de produtos não alimentares a registarem variações de 4,4% e de 5,7% nesse trimestre, acima das subidas de 3,7% e 4,9% no trimestre anterior.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Volume de negócios no comércio a retalho acelera em março

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião