Manuel Pinho afinal pode ter recebido 3,5 milhões do GES

  • ECO
  • 5 Maio 2018

Ministério público terá encontrado evidências de novas transferências do "saco azul" do GES para o ex-ministro da Economia. São quase mais 1 milhão de euros que se somam aos 2,1 milhões já conhecidos.

Não 2,1 milhões, mas 3,5 milhões de euros. Trata-se de quanto Manuel Pinho poderá ter recebido do “Saco azul” do GES. A quantia é avançada pelo Expresso (acesso pago) na edição deste sábado, que cita novos dados na posse do Ministério Público.

De acordo com o semaário, Manuel Pinho terá recebido através da sua sociedade offshore Tartaruga Foundation mais 460.800 euros em julho de 2003 e mais 500 mil euros a 11 de maio de 2005 da também empresa offshore Espírito Santo (ES) Enterprises, o ‘saco azul’ do Grupo Espírito Santo (GES).

Em causa estão mais 960,8 mil euros que foram descobertos pela Ministério Público nos autos da EDP que se juntam aos cerca de 2,1 milhões de euros que já eram conhecidos. A informação está anexada ao processo da EDP em que Pinho é arguido.

Os procuradores que têm nas mãos o caso EDP terão descoberto, através do envio de informações com origem nos autos dos processo Universo Espírito Santo, um montante total de 3,5 milhões de euros que foram transferidos da ES Enterprises para as contas bancárias abertas no Banque Privée Espírito Santo de duas sociedades offshore de Manuel Pinho (a Tartaruga Foundation e a Masete II).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Manuel Pinho afinal pode ter recebido 3,5 milhões do GES

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião