EDP começa o dia a cair 2%. Consegue encerrar a subir 1%

  • Rita Atalaia
  • 11 Maio 2018

Depois de ter arrancado o dia a cair mais de 2%, com os investidores ainda a digerirem os resultados, a EDP conseguiu recuperar. Os ganhos ajudaram a manter o PSI-20 no verde no final da semana.

Depois de ter arrancado o dia a cair mais de 2%, a EDP conseguiu recuperar. A energética subiu quase 1% no fecho da sessão desta sexta-feira, ajudando a bolsa nacional a manter-se no verde. A contribuir estiveram também os ganhos da Galp Energia. A petrolífera beneficiou da subida dos preços do petróleo, que estão a tocar máximos desde que Donald Trump decidiu retirar os EUA do acordo nuclear com o Irão.

Neste contexto, o PSI-20 encerrou em alta de 0,89% para 5.608,94 pontos, com apenas uma cotada no vermelho. O desempenho acompanha a tendência no resto da Europa. O Stoxx 600 subiu 0,1% para 392,35 pontos.

Energia sobe e dá boleia ao PSI-20

Contudo, o que realmente influenciou a bolsa nacional foi o setor energético. Por um lado, a EDP conseguiu recuperar de perdas de mais de 2% na abertura — encerrou a subir 0,75% para 3,11 euros. Estas foram provocadas pelos resultados apresentados na quinta-feira, quando a empresa liderada por António Mexia apresentou uma queda dos lucros de 23% para 166 milhões de euros.

Após o fecho desta sessão, foi ainda avançado que um consórcio chinês que inclui a China Three Gorges está a preparar o lançamento de uma oferta pública de aquisição (OPA) sobre a EDP.

Por outro lado, a Galp Energia subiu 2,24% para 17,1150 euros. A petrolífera está a beneficiar da subida dos preços do petróleo. Apesar de as cotações estarem a aliviar, tocaram máximos de 2008. Isto depois de Donald Trump ter anunciado que os EUA vão sair do acordo nuclear com o Irão.

Destaque positivo ainda para a Jerónimo Martins, que subiu 0,92% para 13,64 euros, e para o BCP, que valorizou 0,88% para 29,86 cêntimos. Já a Nos avançou 1,97% para 4,98 euros, depois de a empresa ter registado um lucro de 33,8 milhões de euros entre janeiro e março.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

EDP começa o dia a cair 2%. Consegue encerrar a subir 1%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião