Ideias para o turismo? O The Journey está de volta

Estão abertas as candidaturas para a segunda edição do The Journey, um programa de aceleração promovido pelo Turismo de Portugal em parceria com empresas do setor.

“A viagem” está de volta. Depois da primeira edição, lançada em março do ano passado, o Turismo de Portugal, em parceria com o grupo Barraqueiro, Geostar, Pestana Hotel Group, SATA Azores Airlines e NOS, anunciaram na quarta-feira a segunda edição do programa de aceleração The Journey, totalmente dedicado ao turismo.

A aceleradora tem candidaturas abertas até 15 de junho e esta segunda edição foca-se em quatro desafios fundamentais, explica a Beta-i, parceira da iniciativa, em comunicado:

  1. Experiência do Cliente Personalizada – usar recursos como o big data e sistemas de análise preditiva para melhorar a hospitalidade e a experiência no destino;
  2. Experiência de Viagem Integrada – redução dos pontos de fricção (como o check-in por exemplo), gestão inteligente dos fluxos turísticos e uso de tecnologias como o blockchain para pagamentos, fidelização, logística e contratos;
  3. Apoio ao Cliente – estratégias de mobilidade, com recurso a interações multi-plataformas para gerar melhores índices de satisfação e fidelização;
  4. Socialmente Consciente – soluções para posicionar os parceiros deste programa como atores centrais das novas lógicas de sustentabilidade dos destinos e soluções para desconcentrar a procura ao longo do território e ao longo do tempo.

“Queremos tornar Portugal no principal polo mundial de inovação em turismo. Neste momento em que a era digital se consolida e condiciona a sustentabilidade do setor, o Turismo de Portugal continua focado em criar um ambiente propício à inovação através de diversas iniciativas de apoio ao empreendedorismo”, explica Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal, justificando a nova edição do programa com a estratégia da instituição de “contínua atualização do tecido empresarial”.

A pensar no futuro do setor está também Pedro Rocha Vieira, cofundador e CEO da Beta-i. “Esta iniciativa surge num momento em que se antecipa que o Turismo cresça a uma razão de 4% ao ano nos próximos 10 anos. De facto, o objetivo declarado é que, em 2027, Portugal possa registar 80 milhões de dormidas, mas para manter este crescimento de forma sustentada, é preciso também alavancar esta indústria em processos de inovação”, defende.

O processo de candidatura e aceleração do The Journey inclui várias fases: o primeiro passo é o bootcamp de uma semana, que decorre entre 10 a 13 de setembro. Dessa fase saem 15 startups para a fase de aceleração de nove semanas, que arranca a 17 de setembro e se prolonga até 20 de novembro. No final desse período, tem lugar o demo day, com a apresentação dos pilotos desenvolvidos durante o programa de aceleração.

Comentários ({{ total }})

Ideias para o turismo? O The Journey está de volta

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião