Economia permite novo aumento de pensões em 2019. Chega a 80% dos beneficiários

  • ECO
  • 21 Maio 2018

Dos 3,6 milhões de pensões atualizadas este ano, cerca de 2,9 milhões foram aumentadas acima da inflação e serão também em 2019. 

As pensões de 80% dos beneficiários vão sofrer um aumento real em 2019 devido ao avanço da economia nos últimos dois anos. Dos 3,6 milhões de pensões atualizadas este ano, cerca de 2,9 milhões — cujo valor está abaixo dos 857 euros — foram aumentadas acima da inflação e serão também em 2019.

Como noticia esta segunda-feira o Diário de Notícias, mesmo que a economia tenha abrandado no princípio do ano, o mesmo irá acontecer no próximo ano, porque o que dita a subida são os números do produto interno bruto nos dois anos anteriores. E desde o final de 2016 que a economia cresce acima dos 2%.

Assim, as pensões até 857 euros deverão ter a partir de janeiro de 2019 um aumento até 1,5% — por exemplo, uma pensão de 735 euros passa em janeiro para 746,6 euros. Já quem recebe entre 2570 e 5142 euros deverá contar com um aumento de 0,8%. No entanto, os aumentos poderão ser mais elevados se a inflação vier a situar-se perto do valor previsto pelo Governo.

Para além do aumento que começou a ser pago em janeiro, o Governo vai ainda aumentar as pensões de 1,6 milhões de beneficiários em agosto, em seis a dez euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Economia permite novo aumento de pensões em 2019. Chega a 80% dos beneficiários

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião