Depois da Elevo e da Opway, Nacala compra Ramos Catarino

  • Lusa
  • 22 Maio 2018

O valor desta aquisição não foi revelado, mas a Nacala Holdings adquiriu 100% da construtora, com a intenção de fazer crescer a sua atividade no estrangeiro.

A Nacala Holdings comprou esta madrugada a construtora Ramos Catarino, por um valor não revelado, com o objetivo de manter cerca de 30 milhões de faturação em Portugal e crescer no estrangeiro, segundo o presidente do Conselho de Administração do grupo.

Em declarações à agência Lusa, Gilberto Silveira Rodrigues, da Nacala Holdings, disse que a lógica do grupo é de “reforço de competências e de aumento de sinergias na área da construção”, uma vez que tinha já adquirido o grupo Elevo e a Opway.

“Chegámos à conclusão que há um nicho de mercado enorme que tem a ver com a reabilitação urbana, com o número de hotéis que se constroem em Portugal e que é preciso fazer ‘fit-out’ (mobilar)”, ou seja áreas onde a Ramos Catarino opera, faturando cerca de 30 milhões de euros por ano, um valor que a Nacala Holdings pretende manter.

Gilberto Silveira Rodrigues acrescentou que o objetivo é também reforçar a área internacional, assumindo a possibilidade de crescer na Europa, sobretudo em Londres, e poder operar na Alemanha, com especial atenção à zona de Berlim.

Atualmente, a Ramos Catarino tem atividade em Espanha, França, Holanda e Inglaterra, em “obras de dimensão média, mas com grande rentabilidade”, sublinhou o responsável.

“Neste momento, a empresa tem 30 obras em Lisboa, uma carteira de encomendas de 30 milhões de euros, tem rácios de rentabilidade melhores que empresas de construção tradicional porque trabalha num nicho”, acrescentou o responsável da administração, informando ainda que Vítor Catarino continuará na empresa como administrador para a área comercial.

Na área menos tradicional do ‘fit-out’, o dirigente notou à Lusa a possibilidade de garantir um “negócio de chave na mão”, ao “construir um hotel de A a Z, pronto a ser utilizado, o que em sinergia de custo também é interessante, por poupar dinheiro ao tudo ser feito por apenas uma entidade”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Depois da Elevo e da Opway, Nacala compra Ramos Catarino

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião