Empresas portuguesas são das que mais tempo demoram a pagar. Precisam de 74 dias

  • ECO
  • 24 Maio 2018

Empresas portugueses demoram mais de dois meses a pagar, de acordo com um estudo divulgado esta quinta-feira. Estão entre as mais demoradas.

As empresas portuguesas são das que mais demoram nos pagamento quando comparadas com outros países da Zona Euro, bem como de outros pontos do mundo. Precisam de, em média, 74 dias para cumprirem com as suas obrigações, de acordo com um estudo divulgado pela Cosec.

O relatório Payment Behavior da Euler Hermes concluiu que o prazo de pagamento a nível global estendeu-se a mais dois dias em 2017, isto apesar da recuperação económica mundial, fixando-se atualmente nos 66 dias, o valor mais elevado desde 2007. Em 2018, os pagamentos das empresas deverão ficar um dia mais demorados, um comportamento “justificado, em parte, pelo panorama económico positivo que leva a que as empresas aumentem a confiança nos clientes dando prazos de pagamento mais alargados”.

Em Portugal, as empresas demoram cerca de dois meses e meio (74 dias). São vários os países onde as empresas são mais rápidas a pagar, casos da Nova Zelândia (43 dias), Áustria e Dinamarca (ambas com 47 dias) e Finlândia (50 dias) ou dos EUA e Suíça (51 dias) e Holanda (50 dias). Pior do que as empresas nacionais estão as companhias chinesas (92 dias), italianas e turcas (83 dias), segundo o mesmo estudo.

O estudo aponta para uma correlação entre o aumento dos prazos de pagamento e o o Produto Interno Bruto (PIB): quanto maior o crescimento económico, mais as empresas demoram a pagar. Dá como exemplo a crise financeira de 2007 e 2008, quando as empresas aceleraram as cobranças de dívidas, refletindo-se numa queda dos prazos de pagamentos, num altura de recessão global.

Comentários ({{ total }})

Empresas portuguesas são das que mais tempo demoram a pagar. Precisam de 74 dias

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião