Governo escolhe Nuno Mangas para liderar IAPMEI

Governo já tem substituto para Jorge Santos, que abandonou agência após atingir idade máxima legal para o exercício de cargos públicos. Nuno Mangas chega ao IAPMEI vindo do Politécnico de Leiria.

Nuno Mangas é o novo presidente do conselho diretivo do IAPMEI, após a saída de Jorge Santos no dia 18 de abril, quando este completou 70 anos de idade e atingiu o limite legal de idade para o exercício de funções públicas.

“A designação ora efetuada fundamenta-se na experiência profissional do designado e na reconhecida aptidão para exercer o respetivo cargo conforme o atesta a sua nota curricular”, diz o Ministério da Economia num despacho assinado pelo ministro Caldeira Cabral que publicado esta quinta-feira em Diário da República.

Mangas, 50 anos, é doutorado em Ciências da Educação pela Universidad de Extremadura, sendo licenciado em Engenharia Eletrotécnica pela Universidade do Minho. Como experiência profissional, foi presidente do Instituto Politécnico de Leiria entre 2009 e o início deste ano e presidiu ainda ao Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos nos últimos dois anos, segundo a nota curricular que acompanha o despacho. Foi ainda vice-presidente da Nerlei, a Associação Empresarial da Região de Leiria.

O IAPMEI é tutelado pelo Ministério da Economia e desenvolve a sua atividade no sentido de promover a competitividade e o crescimento empresarial, visando o reforço da inovação, do empreendedorismo e do investimento empresarial, sobretudo PME.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Governo escolhe Nuno Mangas para liderar IAPMEI

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião