19 horas num avião? Voo mais longo do mundo chega em outubro

Singapore Airlines vai ligar os 16.700 quilómetros entre Singapura e Nova Iorque em 18 horas e 45 minutos. Voo levanta em outubro.

De Doha a Auckland, da Qatar Airways, é o voo mais longo do mundo. Mas vai deixar de o ser. A Singapore Airlines prepara-se para destronar a companhia aérea área com o voo entre Singapura e Nova Iorque. São 16.700 quilómetros de distância que serão percorridos num total de 18 horas e 45 minutos. O primeiro destes voos ultra-longos parte já em outubro.

Vai ser a 11 de outubro que o A350-900 Ultra Long Range da Airbus SE vai descolar do Aeroporto Changi, em Singapura, e aterrar, 18 horas e 45 minutos depois, no Aeroporto Internacional de Newark, um dos três que servem a cidade de Nova Iorque, de acordo com a Bloomberg (conteúdo em inglês).

A aeronave utilizada terá capacidade para 161 passageiros — 67 em classe executiva e 94 em classe económica –, e, na primeira semana, haverá três voos, passando estes a ser diários a partir de 18 de outubro.

A companhia aérea vai recuperar a rota diária que realizava entre Singapura e Los Angeles e Newark, cancelada há mais de quatro anos, justificada pela falta de rentabilidade. Esta decisão de retomar estes voos surge em resposta à lacuna nas suas ligações aos EUA, tendo em conta a oferta da concorrência.

Foram encomendadas sete aeronaves A350-900LRS, com dois motores económicos, e a primeira vai chegar em setembro, sendo as restantes entregues até ao final do ano.

Com esta recuperação da rota, a companhia vai ultrapassar a Qatar Airways, que detinha o voo mais longo do mundo, ligando Doha à cidade de Auckland, na Nova Zelânida, com a duração de 17 horas e 40 minutos.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

19 horas num avião? Voo mais longo do mundo chega em outubro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião