Hoje nas notícias: Eutanásia, Merkel e médicos

  • ECO
  • 30 Maio 2018

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

O chumbo da despenalização da eutanásia e o início da visita da chanceler alemã a Portugal marcam o dia. Da política à justiça, três médicos estão a ser julgados por terem, alegadamente, defraudado o Estado através de relatórios clínicos falsos. De Cristiano Ronaldo a Pedro Soares dos Santos, estes são os “15 Campeões” que se esforçaram pelo sucesso da economia nacional.

Gestão da dívida deu “tranquilidade” para enfrentar mercados, diz Costa

O primeiro-ministro defende que a gestão “prudente” da dívida deu a Portugal a “tranquilidade” necessária para enfrentar os mercados. Na opinião de António Costa, o caminho feito nos últimos dois anos deixa Portugal mais resguardado das fragilidades que afetam atualmente a Zona Euro. Quanto à situação política italiana, o governante diz que essa crise revela os custos do adiamento da conclusão da União Económica e Monetária. Leia a notícia completa no Público (acesso condicionado)

Empresas alemãs criam mais de 50 mil empregos em Portugal

No dia em que Angela Merkel visita a unidade portuguesa da Bosch, o diretor executivo da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã revela que, oficialmente, as empresas alemãs são responsáveis por cerca de 35 mil postos de trabalho em Portugal. “Sabemos que são mais”, nota Hans-Joachim Böhmer, estimando que estas companhias tenham criado, na verdade, “aproximadamente 50 mil empregos”. Isto sem contar os trabalhos indiretos, que não se pode contabilizar, diz o responsável. Leia a notícia completa no Diário de Notícias (acesso livre).

Médicos burlam Estado em pensões por invalidez

Três médicos estão a ser julgados por, alegadamente, terem defraudado o Estado através de relatórios clínicos falsos. De acordo com a acusação do Ministério Público, os doentes pagavam a estes profissionais de modo a conseguirem os documentos necessários à atribuição, pela Segurança Social, de pensões por invalidez. Leia a notícia completa no Jornal de Notícia (acesso pago).

Estes foram os deputados que chumbaram a eutanásia

O chumbo dos projetos-lei das diversas bancadas parlamentares pela despenalização da eutanásia no Parlamento é um dos temas presente na capa de todos os jornais esta quarta-feira. O jornal i foi o periódico que optou por dar uma maior mancha gráfica na capa. A escolha foi publicar os nomes de todos os deputados que votaram a contra o suicídio. Leia a notícia completa no Jornal I (acesso livre).

Campeões da Economia

O Jornal de Negócios faz, esta quarta-feira, 15 anos e para assinalar a data dedicou a edição a 15 “Campeões da Economia”, de Cristiano Ronaldo a Pedro Soares dos Santos. “Estes 15 nomes simbolizam o esforço de muitos outros empresários, gestores, académicos, mulheres e homens da ciência que foram importantes para a afirmação da economia portuguesa neste período, que foi marcado também por momentos muito difíceis”, sublinha o diretor do jornal. Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso condicionado).

O jornalismo continua por aqui. Contribua

Sem informação não há economia. É o acesso às notícias que permite a decisão informada dos agentes económicos, das empresas, das famílias, dos particulares. E isso só pode ser garantido com uma comunicação social independente e que escrutina as decisões dos poderes. De todos os poderes, o político, o económico, o social, o Governo, a administração pública, os reguladores, as empresas, e os poderes que se escondem e têm também muita influência no que se decide.

O país vai entrar outra vez num confinamento geral que pode significar menos informação, mais opacidade, menos transparência, tudo debaixo do argumento do estado de emergência e da pandemia. Mas ao mesmo tempo é o momento em que os decisores precisam de fazer escolhas num quadro de incerteza.

Aqui, no ECO, vamos continuar 'desconfinados'. Com todos os cuidados, claro, mas a cumprir a nossa função, e missão. A informar os empresários e gestores, os micro-empresários, os gerentes e trabalhadores independentes, os trabalhadores do setor privado e os funcionários públicos, os estudantes e empreendedores. A informar todos os que são nossos leitores e os que ainda não são. Mas vão ser.

Em breve, o ECO vai avançar com uma campanha de subscrições Premium, para aceder a todas as notícias, opinião, entrevistas, reportagens, especiais e as newsletters disponíveis apenas para assinantes. Queremos contar consigo como assinante, é também um apoio ao jornalismo económico independente.

Queremos viver do investimento dos nossos leitores, não de subsídios do Estado. Enquanto não tem a possibilidade de assinar o ECO, faça a sua contribuição.

De que forma pode contribuir? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

Obrigado,

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: Eutanásia, Merkel e médicos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião