PCP chama Catroga, Amado, Mira Amaral e mais cinco pessoas ao inquérito das rendas

O PCP entregou hoje a lista das pessoas que quer ouvir no inquérito às rendas excessivas. Os comunistas elencaram ainda os documentos a que querem ter acesso.

Eduardo Catroga, Luís Amado e Mira Amaral. Estes são três dos oito nomes que fazem parte da lista de pessoas que o PCP quer ouvir na comissão de inquérito ao pagamento de rendas excessivas aos produtores elétricos, que está a lançar os seus trabalhos no Parlamento. O Bloco de Esquerda quer ouvir 43 pessoas e o PS identificou quase 50.

Eduardo Catroga, que foi ministro das Finanças de Cavaco Silva, é chamado pelo PCP na qualidade de ex-presidente do Conselho Geral e de Supervisão da EDP, cargo que ocupou entre 2012 e 2018. Luís Amado, que foi ministro dos Negócios Estrangeiros de José Sócrates, é chamado por ter sido presidente do Conselho Geral e de Supervisão da EDP. Os comunistas querem ouvir Luís Mira Amaral, ex-ministro da Indústria e Energia, entre 1987 e 1995.

Além dos ex-governantes, a lista apresentada pelo PCP tem ainda responsáveis máximos pelas elétricas e um professor universitário. Nuno Ribeiro da Silva, presidente da Endesa Portugal, Rodrigo Costa, CEO da REN, e o representante ou responsável pela Iberdrola são os nomes que constam também na lista do PCP.

Margarida Matos Rosa, presidente da Autoridade da Concorrência, e Clemente Pedro Nunes, professor catedrático no Instituto Superior Técnico (IST) fecham a lista.

Entre os documentos pedidos estão as transcrições das audições à ERSE feitas na comissão de economia desde 2004, as perguntas e respostas dos deputados no Parlamento Europeu relativas a esta matéria e os relatórios anuais sobre desempenho da atividade concessionária da Rede Nacional de Transportes.

A comissão de inquérito às rendas excessivas nasceu de uma iniciativa do Bloco de Esquerda e apanha os vários governos, desde Durão Barroso.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

PCP chama Catroga, Amado, Mira Amaral e mais cinco pessoas ao inquérito das rendas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião