Sporting cai mais de 3% após rescisões de Patrício e Podence

Não foi nada positiva a reação dos investidores às rescisões de Patrício e Podence. As ações do Sporting estão a cair mais de 3%.

A volatilidade continua a tomar conta das ações da SAD do Sporting, no meio de uma crise diretiva sem precedentes na história dos leões e que ameaça a estabilidade do clube. Na primeira sessão depois das rescisões dos jogadores Rui Patrício e Daniel Podence, os títulos leoninos protagonizaram novo tombo na bolsa.

As ações da SAD de Alvalade, que negoceiam por chamada, cederam 3,57% para 0,675 euros, o valor mais baixo desde 17 de maio. Foi a primeira reação dos investidores ao novo capítulo da instabilidade que se vive na SAD e clube: o guarda-redes Patrício e o avançado Podence apresentaram as suas cartas de rescisão por justa causa na passada sexta-feira, abrindo caminho para que outros jogadores avancem no mesmo sentido.

De acordo com o site especializado Transfermarkt, Rui Patrício, e cuja transferência estava a ser negociada para os ingleses do Wolverhampton, tem uma avaliação de mercado de 16 milhões de euros. Já Daniel Podence está avaliado em 4,5 milhões de euros. Ambos estão agora sem clube.

Ações recuam mais de 3%

Fonte: Reuters

Mas não serão os únicos. A imprensa desportiva avançou que mais seis jogadores podem rescindir com justa causa caso o presidente Bruno de Carvalho permaneça à frente do clube. São eles Gelson, Bas Dost, William Carvalho, Bruno Fernandes e os argentinos Battaglia e Acuña. Estes jogadores estão avaliados em 115 milhões de euros, correspondente a 63% do valor de todo o plantel leonino.

Entretanto, o treinador Jorge Jesus também está na porta de saída. O técnico deverá assinar pelos sauditas do Al-Hilal, tendo já na sua posse um acordo de rescisão amigável com o Sporting.

Foram cerca de 200 títulos que trocaram de mãos na primeira chamada desta terça-feira — a SAD do Sporting voltará a negociar às 15h30.

(Notícia atualizada às 11h10 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Sporting cai mais de 3% após rescisões de Patrício e Podence

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião