Nasdaq atinge recorde. Tesla acelera 5% com promessa de Musk

Índice tecnológico Nasdaq renova máximos históricos no arranque da sessão em Wall Street. Ações da fabricante de carros Tesla aceleram 5% com promessa de Elon Musk.

As empresas tecnológicas continuam em bom plano nas bolsas norte-americanas, que iniciaram a sessão desta quarta-feira em alta após o Nasdaq ter atingido um recorde na sessão anterior à boleia da Apple e Amazon.

Entretanto, os destaques do dia em Wall Street vão para a Tesla e para a United Health. No caso do fabricante de automóveis, as ações valorizam 5% para 305,88 dólares, depois de o CEO Elon Musk ter assegurado que é “muito provável” que a Tesla produza 5.000 carros do popular Model 3 até final de junho. Quanto à seguradora, abriu em alta de 0,81% para 246,4 dólares, depois de ter aumentado o dividendo trimestral e anunciado um plano de recompra de dívida.

Neste cenário, o S&P 500 soma 0,23% para 2.755,09 pontos e o Dow Jones ganha 0,52%. E depois de ontem ter fechado em máximos históricos, o tecnológico Nasdaq prossegue em ritmo de crescimento, mas mais tímido: avança 0,2% para 7.652,81 pontos, marcando um novo recorde.

“Não há escalada na frente comercial e, em resultado disso há uma ausência de más notícias, e as ações tenderão a recuperar”, referiu Randy Frederick, vice-presidente da Charles Schwab, citado pela Reuters.

A Casa Branca anunciou na semana passada a imposição de tarifas à importação de aço e alumínio do Canadá, México e União Europeia, com taxas de 25% sobre o aço e 10% sobre o alumínio. A Comissão Europeia anunciou hoje a retaliação. Donald Trump deverá marcar presença na cimeira do G7, no Canadá, que acontecerá no final deste semana, e que deverão discutir as restrições comerciais colocadas pela maior economia do mundo.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Nasdaq atinge recorde. Tesla acelera 5% com promessa de Musk

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião