Autoeuropa vai voltar a negociar horários com trabalhadores

  • ECO
  • 7 Junho 2018

O diálogo entre as duas partes será retomado ainda este mês e deverá, assim, ser evitada uma greve ao trabalho extraordinário na fábrica que produz os modelos da Volkswagen.

A administração da Autoeuropa vai voltar a negociar com a comissão de trabalhadores os novos horários na fábrica de Palmela. A decisão foi tomada depois de uma reunião os trabalhadores com a equipa de gestão da Autoeuropa, liderada por Miguel Sanches. O diálogo entre as duas partes será retomado ainda este mês e deverá, assim, ser evitada uma greve ao trabalho extraordinário na fábrica que produz os modelos da Volkswagen, entre eles o T-Roc.

A reunião aconteceu depois de os trabalhadores da Autoeuropa terem entregado um abaixo-assinado à administração, com vista à reabertura das negociações sobre o regime de laboração contínua, imposto unilateralmente pelos gestores da fábrica de Palmela.

Os trabalhadores exigem uma maior compensação por este novo regime, que deverá entrar em vigor a partir de agosto, estando em causa a criação de 19 turnos semanais na Autoeuropa. Os horários definidos pela administração preveem trabalho ao fim de semana e trabalho noturno nos dias de semana.

Em cima da mesa estava ainda a hipótese de os 5.700 funcionários da fábrica de Palmela se juntarem ao protesto agendado pela CGTP em Lisboa, para o dia 9 de junho. Em nota enviada às redações, a comissão de trabalhadores diz mesmo que chegou a acordar com os três sindicatos representativos da empresa a “emissão de pré-avisos de greve ao trabalho extraordinário como resposta à falta de vontade de negociar por parte da administração”.

Com a reabertura das negociações, esse protesto estará, para já, colocado de parte.

(Notícia atualizada às 14h38 com mais informação)

Comentários ({{ total }})

Autoeuropa vai voltar a negociar horários com trabalhadores

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião