Powell diz em Sintra que Fed vai continuar a subir juros

Chairman do poderoso banco central americano diz que vai continuar a subir as taxas de juro, porque a economia está bem e vai continuar a criar empregos. Inflação está controlada, assegura.

A Reserva Federal norte-americana vai continuar a subir as taxas de juro de forma gradual perante o bom momento da maior economia do mundo, assegurou Jerome Powell, presidente da Fed, argumentando que o mercado de trabalho ainda pode absorver mais desempregados sem desencadear um disparo da inflação como nos anos 70.

“Hoje em dia, com a economia forte e os riscos para as perspetivas equilibrados, as circunstâncias para subidas graduais nas taxas de juro da Fed continuam fortes e amplamente apoiadas entre os membros da FOMC”, disse Powell em Sintra, Portugal, onde participa no último dia do Fórum do Banco Central Europeu (BCE).

Este ano, a Fed já promoveu duas subidas das taxas de referência, que se situam atualmente no intervalo entre 1,75% e 2%. Em cima da mesa estão mais duas subidas até final deste ano e mais uma outra em março de 2019.

O aperto da política monetária do outro lado do Atlântico acontece numa altura em que o desemprego nos EUA está em mínimos de 18 anos, nos 3,8%.

Powell considera que a economia tem margem para continuar a crescer e a criar mais postos de trabalho, o que poderá baixar ainda mais o número de desempregado para mínimos de 1960, uma década que ficou marcada pela elevada inflação acima de 5%. Mas o presidente da Fed descartou que essa situação dificilmente voltará a acontecer pois o aumento dos níveis de educação da população e as recentes expectativas de baixa inflação restringem as possibilidades de um disparo dos preços.

Ainda assim, Powell não deixou de alertar para a falta de um precedente histórico quanto a uma inflação indiferente a um nível de desemprego tão baixo.

“Se os bancos centrais tentarem explorar a falta de resposta da inflação ao baixo desemprego e forçarem a utilização de recursos de forma significativa e persistente além dos níveis sustentáveis, o público poderá começar a questionar o nosso compromisso com a baixa inflação e as expectativas poderão ficar sobe pressão altista”, disse o líder da Fed.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Powell diz em Sintra que Fed vai continuar a subir juros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião