Marcelo já teve alta. Agenda deste fim de semana foi cancelada

  • Lusa e ECO
  • 23 Junho 2018

O Presidente da República sentiu-se mal este sábado, à saída de uma visita ao Santuário do Bom Jesus, em Braga. Marcelo já teve alta, mas não continuará a programação prevista para este fim de semana.

Marcelo Rebelo de Sousa desmaiou este sábado, à saída de uma visita ao Santuário do Bom Jesus, em Braga, tendo sido transportado pelos seguranças para um hotel próximo, constatou a agência Lusa no local. De acordo com o próprio Presidente da República (em declarações aos jornalistas transmitidas pela SIC Notícias), tratou-se de uma “gastroenterite aguda” que provocou um caso de desidratação e resultou numa “quebra abrupta de tensão”.

Entretanto, o político já teve alta, mas não continuará a programação prevista para este fim de semana, até porque “não pode pôr em causa a visita a Washington”, nos Estados Unidos, para onde parte na terça-feira de manhã.

O desmaio de Marcelo Rebelo de Sousa ocorreu às 12:48 durante uma visita ao Santuário. “Por precaução, seguindo conselho médico, deslocou-se ao Hospital de Braga, sendo de esperar uma adaptação do programa previsto para este fim de semana“, lê-se numa nota divulgada no portal da Presidência da República.

“Fui muito bem tratado pelo INEM e pelo hospital”, notou o Presidente, referindo que se sente ainda “um bocado fraco”.

Menos de uma semana depois da formalização da candidatura das Festas de São João de Braga a Património Cultural Imaterial, Marcelo Rebelo de Sousa tinha previsto passar este sábado na cidade, começando por visitar o Santuário do Bom Jesus do Monte ao final da manhã.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Marcelo já teve alta. Agenda deste fim de semana foi cancelada

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião