Quer ir ao espaço? Bezos vai começar a vender bilhetes em 2019

  • Juliana Nogueira Santos
  • 25 Junho 2018

A Blue Origin vai vender bilhetes para turismo espacial em 2019. As viagens na cápsula do New Shepard só vão acontecer mais tarde, mas os testes arrancam em breve.

Jeff Bezos e um dos seus foguetões.Blue Origin

Parece que há já um milionário à frente na corrida espacial. A Blue Origin de Jeff Bezos vai iniciar as vendas de bilhetes para viagens turísticas ao espaço em 2019. O anuncio foi feito pelo presidente da empresa, que afirmou que os testes vão começar em breve.

“Estamos a planear começar os primeiros testes com passageiros em breve”, apontou Rob Meyerson, em declarações citadas pelo site Space News. “Esperamos começar a vender bilhetes em 2019.”

O New Shepard, foguetão que será utilizado para estas viagens, é totalmente reutilizável, sendo que o seu lançamento e aterragem são feitos horizontalmente. A cápsula de transporte tem 15 metros cúbicos e capacidade máxima para seis pessoas.

“Continuamos a trabalhar para que a configuração seja boa e estável e fique pronta a voar”, disse ainda Meyerson. “Assim que nos sintamos confiantes, falaremos internamente para definir os preços e todo o processo.” O New Shepard já fez oito viagens ao espaço, todas elas com sucesso.

Os preços das viagens ainda não são conhecidos, mas Bezos quer tornar o turismo espacial mais acessível, tal como o seu concorrente direto, Elon Musk e a sua Space X. Por agora, já é possível demonstrar o seu interesse por uma destas viagens e assim ter acesso às informações todas em primeira mão. É só passar pelo site da Blue Ocean.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Quer ir ao espaço? Bezos vai começar a vender bilhetes em 2019

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião