Lisboa acolhe debate da OCDE sobre governo das sociedades

  • ECO
  • 29 Junho 2018

A CMVM e a OCDE organizam nos próximos dias 4 e 5 de julho, em Lisboa, uma reunião-conferência do grupo de trabalho para promoção do mercado de capitais na região do Médio Oriente e Norte de África.

Lisboa vai receber na próxima semana um encontro da OCDE/MENA para ajudar os países do Norte de África e Médio Oriente a desenvolver políticas de promoção dos mercados acionistas enquanto plataforma de dinamização económica, numa iniciativa que contará com a participação do Governo português e também da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

A reunião de um grupo de trabalho conjunto entre OCDE e MENA (Médio Oriente e Norte de África) acontecerá nos próximos dias 4 e 5 de julho e vai trazer à capital portuguesa empresas, governos e reguladores de mais de uma dezena de países.

O ministro português dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, abre os trabalhos no dia 4, quarta-feira. Também do Governo português, Rosa Monteiro, secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, vai participar no evento com uma comunicação sobre igualdade de género em Portugal.

O caso do mercado de capitais português estará em destaque no dia 5, quinta-feira. Miguel Athayde Marques (vice-presidente da Galp) fará uma comunicação sobre os últimos anos em Portugal. Seguir-se-á um painel de debate para analisar a relação do governo das sociedades com o desempenho empresarial e o financiamento do mercado de capitais, e que contará com Gabriela Figueiredo Dias (presidente da CMVM), António Gomes Mota (presidente do IPCG), António Rios de Amorim (presidente da Corticeira Amorim) e José Maria Rego (CEO da Raize).

Este grupo de trabalho OCDE/MENA tem como objetivo a construção de uma plataforma de conhecimento sobre temas relacionados com o governo das sociedades que promovam o desenvolvimento dos mercados acionistas, aumentem a transparência das empresas, melhorem o governo das empresas estatais e apoiem a inclusão das mulheres na liderança empresarial na região do Médio Oriente e Norte de África.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Lisboa acolhe debate da OCDE sobre governo das sociedades

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião