Boeing faz acordo com a Embraer. Paga 3,8 mil milhões

  • ECO
  • 5 Julho 2018

A joint venture contempla os negócios e serviços de aviação comercial da Embraer. A empresa brasileira vai receber 3,8 mil milhões de dólares. 

A Boeing já era uma gigante da aviação. Agora, vai ficar ainda maior, com o acordo alcançado com a companhia brasileira, presente também em território nacional. A parceria avalia a Embraer em 4,75 mil milhões de dólares. A empresa norte-americana fica com 80% da joint venture, pagando 3,8 mil milhões pela posição.

O acordo prevê a “formação de uma joint venture que contempla os negócios e serviços de aviação comercial da Embraer, estrategicamente alinhada com as operações de desenvolvimento comercial, produção, marketing e serviços de suporte da Boeing”, refere o comunicado emitido pela companhia brasileira que tem uma fábrica em Évora.

“Ao formarmos essa parceria estratégica, estaremos muito bem preparados para gerar valor significativo para os clientes, empregados e acionistas de ambas as empresas — e para o Brasil e os Estados Unidos”, diz Dennis Muilenburg, CEO da Boeing.

“Esse acordo com a Boeing criará a mais importante parceria estratégica da indústria aeroespacial, fortalecendo ambas as empresas e sua posição de liderança do mercado mundial”, refere o CEO da Embraer, Paulo Cesar de Souza e Silva, salientando que a sede da nova empresa agora formada será no Brasil.

“A combinação de negócios com a Boeing deverá gerar um novo ciclo virtuoso para a indústria aeroespacial brasileira, com maior potencial de vendas, aumento de produção, geração de emprego e rendimento, investimentos e exportações, agregando maior valor para clientes, acionistas e empregados”, acrescenta. A sinergia anual de custos estimada é de cerca de 150 milhões de dólares, antes de impostos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Boeing faz acordo com a Embraer. Paga 3,8 mil milhões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião