Greve europeia dos tripulantes da Ryanair marcada para 25 e 26 de julho

  • ECO e Lusa
  • 5 Julho 2018

Vários sindicatos europeus exigem que a companhia de baixo custo aplique as leis nacionais e não a irlandesa.

Os tripulantes de cabine da transportadora aérea Ryanair vão fazer uma greve europeia nos próximos dias 25 e 26 de julho, informou à agência Lusa a presidente do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC).

A decisão foi tomada esta quinta-feira, numa reunião, em Bruxelas, entre vários sindicatos europeus, que exigem à companhia aérea lowcost que aplique aos trabalhadores a legislação dos países onde estão baseados, e não a da Irlanda, onde a empresa tem sede. Os tripulantes da Ryanair queixam-se ainda do “assédio constante” por parte da empresa e da “falta de condições de trabalho que impera na companhia”.

A greve vai ser feita pelos tripulantes baseados em Portugal, Espanha, Itália, Holanda e Bélgica. O dirigente do SNPVAC Bruno Fialho já antecipou que o protesto terá uma adesão “muito forte”.

O mês de julho ficará marcado por várias greves no setor da aviação. Os pilotos da Ryanair baseados na Irlanda marcaram uma paralisação para dia 12. Por cá, os tripulantes de cabine da Portugália Airlines vão fazer greve entre 11 e 16 de julho, em protesto contra discriminação relativamente aos horários de trabalho de que os tripulantes da Portugália dizem ser alvo, em detrimento de outros trabalhadores do grupo TAP.

Comentários ({{ total }})

Greve europeia dos tripulantes da Ryanair marcada para 25 e 26 de julho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião