Venda da Lusoponte pode render 18 milhões de euros à Teixeira Duarte

A Teixeira Duarte estima ter um impacto contabilístico de 18 milhões de euros se conseguir vender os 7,5% que detém na Lusoponte à maior construtora de capital público chinês.

A venda da Lusoponte deverá ter um impacto de 18 milhões de euros no grupo Teixeira Duarte, informou a empresa esta sexta-feira, numa nota enviada aos mercados. A construtora anunciou recentemente ter celebrado um contrato para vender os 7,5% que detém na empresa concessionária da Ponte 25 de Abril, em Lisboa.

“Em complemento do comunicado emitido sobre o contrato celebrado tendo em vista a alienação da participação de 7,5% que o Grupo Teixeira Duarte detém na ‘LUSOPONTE – Concessionária para a Travessia do Tejo, S.A.’, a ‘Teixeira Duarte, S.A.’ informa que se estima que tal operação, a realizar-se, terá um impacto nos resultados contabilísticos do Grupo de cerca de 18 milhões de euros”, lê-se na nota enviada à CMVM.

Como noticiou o Expresso, a empresa está a vender a participação na Lusoponte à China Construction. O acordo foi fechado no final do mês passado, sendo que a participação passa, assim, para as mãos da maior construtora chinesa, com capital detido pelo Estado. À CMVM, a Teixeira Duarte indicou, porém, que “o negócio está ainda condicionado ao eventual exercício do direito de preferência por parte dos principais acionistas da Lusoponte”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Venda da Lusoponte pode render 18 milhões de euros à Teixeira Duarte

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião