Hoje nas notícias: Centeno e idade da reforma

  • ECO
  • 23 Julho 2018

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

O ministro das Finanças deixa um aviso aos partidos que apoiam o Governo no Parlamento e que defendem a contabilização do tempo de serviço dos professores e aumentos salariais na Função Pública. “Essas medidas não constam no programa de Governo”, diz Centeno e recorda que o “OE é para todos os portugueses e tem de ser sustentável”. Enquanto se negoceia o OE2019, a idade da reforma continua a subir e já vai nos 64,2 anos, a que se soma também uma subidas nas penalizações. Em termos de apoios comunitários, no top 30 dos projetos financiados pelo Portugal 2020, 26 são… do Estado e, apenas quatro de empresas privadas. E Portugal lidera, em termos de emprego, em plataformas como a Uber, Airbnb.

Mário Centeno: “OE é para todos os portugueses e tem de ser sustentável”

Em fase de negociação do Orçamento de Estado para 2019, o ministro das Finanças avisa que o Orçamento do Estado tem de ser sustentável. Sobre a polémica à volta do tempo de serviço dos professores, Mário Centeno diz que “não é possível pôr em causa a sustentabilidade de algo que afeta todos, só por causa de um assunto específico. Até porque, recorda Centeno, o tempo de serviço dos professores e os aumentos da Função Pública não estão no programa de Governo. Centeno responde também às críticas de deterioração do SNS e lembra que em três anos houve um reforço de 700 milhões de euros. Leia a entrevista completa no Público (acesso condicionado)

Portugal entre os que mais empregam em plataformas como Uber, Fork ou Airbnb

O peso dos emprego gerado direta e indiretamente por negócios de plataformas digitais, em Portugal é de quase 11% do total, um dos mais elevados num conjunto de 14 países europeus. Estes dados constam de um estudo do Joint Research Centre (JRC), da Comissão Europeia. As responsáveis por estes dados são negócios como a Uber, UberEats, Glovo, Cabify, Taxify, Booking, Airbnb, mas também centros de contacto e retalhistas comerciais com presença virtual. Segundo o estudo cerca de 10,6% da população adulta em Portugal poderá estar envolvida de forma mais profunda e ter uma dependência financeira relevante deste tipo de atividades, um dado que inclui também os proprietários de alojamento local. Leia a notícia completa no Diário de Notícias.

Idade média de reforma no privado sobe para 64 anos

Em Portugal as pessoas estão a reformar-se cada vez mais tarde. Segundo dados do Ministério da Segurança Social, recentemente atualizados pela Pordata, em 2017, a idade da reforma subiu para os 64,2 anos. É o valor mais alto dos últimos 17 anos. Mas não é só a idade da reforma que sobe, as penalizações seguem o mesmo caminho, com o fator de sustentabilidade (que se soma a outros cortes) a atingir os 13,88%. As regras mais favoráveis para quem tem carreiras realmente longas arrancaram no final do ano passado. Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago).

Portugal 2020. Dos 30 maiores financiamentos só quatro chegaram às empresas

Dos 30 maiores projetos financiados por fundos comunitários do programa Portugal 2020, 26 foram diretamente para o Estado e só quatro foram para empresas. Este top 30 dos projetos com maior dotação, representam 10% do total, ou seja, dois dos quase 20 mil milhões de euros. O maior projeto privado pertence à Navigator. Segue-se a Celtejo, Embraer Portugal e Continental Mabor. Entre os organismos ligados ao Estado o dinheiro foi canalizado para programas e bolsas de estudo; programas de eficiência energética; modernização de ferrovia e até o Banco de Fomento foi contemplado. Leia a notícia completa no Observador (acesso condicionado).

Teresa Leal Coelho propõe usar Tancos para descongestionar a Portela

A vereadora do PSD propõe que se use a base de Tancos para ajudar a descongestionar o aeroporto de Lisboa. Leal Coelho diz que “o Governo devia estar neste momento a estudar a solução Porto+ Tancos. Teria uma solução imediata”. Mas esta não é a única proposta da vereadora laranja. Teresa Leal Coelho quer discutir o transporte fluvial, um tipo de transporte que também podia ajudar a descongestionar o aeroporto da capital, usando Tancos e barco a ligar Santarém e Lisboa. A vereadora quer táxis fluviais, e diz que a Carris está numa situação dramática e ilegal. Leia a entrevista completa na Rádio Renascença.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: Centeno e idade da reforma

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião