Brexit: Deutsche Bank muda metade das atividades de clearing de Londres para Frankfurt

  • ECO
  • 30 Julho 2018

A London Clearing House é líder na área, e processa operações até 1 bilião de euros por dia.

O Deutsche Bank vai mudar metade das atividades de clearing, o processo de regularização de débitos e créditos entre bancos, de Londres para Frankfurt, em antecipação do Brexit. A capital britânica é o centro destas operações, e pode ver a sua posição fragilizada com a saída da UE.

Segundo o Financial Times (acesso pago/conteúdo em inglês), o maior credor da Alemanha disse que a sua exposição global ao risco de derivados em euro, liquidados em Frankfurt nos últimos meses, subiu para aproximadamente o mesmo nível que os obtidos em Londres.

A London Clearing House é líder na área, e processa operações até um bilião de euros por dia. Agora o caminho estará aberto para o Deutsche Börse, casa alemã também responsável por estas atividades. A sua subsidiária, Eurex, lançou um esquema de incentivos para os bancos mudarem de Londres para a cidade alemã. A medida já resultou na mudança de 29 bancos, incluindo JPMorgan, Commerzbank e BNP Paribas.

O grupo London Stock Exchange diz que a mudança pode custar cem mil empregos, se a cidade perder o estatuto de hub de clearing. No entanto, o banco diz que as posições não vão ser realocadas. “É a mesma pessoa em Londres que aprova a transação, só através de uma clearing house diferente”, cita o Financial Times.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Brexit: Deutsche Bank muda metade das atividades de clearing de Londres para Frankfurt

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião