Luís Fazenda critica Robles: “São circunstâncias que, no Bloco, nós condenamos”

  • ECO
  • 30 Julho 2018

Cofundador do Bloco de Esquerda e antigo líder parlamentar diz que atividades imobiliárias de Robles "são circunstâncias que, no BE, nós condenamos e que levam à gentrificação".

Luis Fazenda discursa no segundo dia da X Convenção Nacional do Bloco de Esquerda, no Pavilhão do Casal Vistoso em Lisboa, 25 de junho de 2016.TIAGO PETINGA/LUSA

“São circunstâncias que, no Bloco de Esquerda, nós condenamos e que levam à gentrificação”, disse Luís Fazenda, cofundador do Bloco de Esquerda, a respeito do caso que envolve Ricardo Robles e a sua casa de Alfama.

Em declarações ao jornal i desta segunda-feira, o antigo líder parlamentar bloquista assume não poder “dizer outra coisa”, sublinhando que, apesar do caso, “o Bloco não mudou de ideias nem de políticas”.

“As avaliações que faremos vão ter em conta as várias opções e a forma como este processo foi entendido” disse, ironizando, no entanto, o impacto do caso na comunicação social desde que a primeira notícia saiu, na última sexta-feira. “Achei muito interessante este movimento que se estendeu a todo o país. Consegui perceber que teve mais eco do que as bravatas de Manuel Pinho”, acrescentou, anunciando: “Se querem um debate sobre valores, nós faremos esse debate”.

Catarina Martins, líder do Bloco de Esquerda, saiu em defesa de Robles, dizendo que o caso se pode tratar de uma “campanha de difamação” e “infâmia”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Luís Fazenda critica Robles: “São circunstâncias que, no Bloco, nós condenamos”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião