Incêndio em Monchique está “globalmente estabilizado”

  • Lusa e ECO
  • 9 Agosto 2018

Apesar de já não haver chamas em atividade, o presidente da Câmara diz que esta não é altura para baixar os braços. Situação está "mais tranquila", mas ainda há risco de reacendimentos.

O incêndio que deflagrou na sexta-feira no concelho de Monchique, no Algarve, está nesta tarde de quinta-feira “mais tranquilo”, sem chamas em atividade, mantendo-se duas zonas que dão ainda “alguma preocupação”, disse à Lusa o presidente da Câmara. Segundo a 2.ª comandante operacional nacional da Proteção Civil, a situação pode ser mesmo considerada “globalmente estabilizada”.

“Obviamente que está mais tranquilo. Já não temos as chamas em atividade e isso dá-nos, de alguma maneira, alguma tranquilidade”, afirmou à agência o autarca.

Rui André ressalvou que ainda não é altura “de baixar os braços”, tendo em conta os “cenários” vividos nos últimos dias, com diversos reacendimentos, mas também porque a tarde é um período do dia em que se “levanta sempre vento”.

Cerca de 50 casas destruídas

O número de casas destruídas total ou parcialmente durante este incêndio pode chegar a “cerca de 50”, acrescentou ainda Rui André.

“Neste momento, e sem ter um levantamento exaustivo, teremos cerca de 50 habitações destruídas, totalmente ou parcialmente. Estamos neste momento a avaliar para percebermos as reais condições dessas casas, para podermos começar a fazer contas e vermos os prejuízos deste incêndio”, disse o autarca.

De acordo com o presidente da Câmara Municipal de Monchique, no distrito de Faro, ainda não foi possível determinar se se trata de casas de primeira ou de segunda habitação, estando uma equipa multidisciplinar a passar pelas zonas afetadas pelo fogo.

“Penso que de primeira habitação, totalmente destruídas, serão menos de metade desse número [50]”, afirmou Rui André, sublinhando que existem também “anexos ou casas de apoio” afetados.

Quanto ao número de feridos, foram registados 39 ligeiros, dos quais 21 são bombeiros. Há apenas um ferido grave.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Incêndio em Monchique está “globalmente estabilizado”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião