CP atrasa comboios para deixar passar o da rentrée do PS

  • ECO
  • 23 Agosto 2018

A Comboios de Portugal admitiu numa deliberação da Infraestruturas de Portugal alterar horários de serviço para permitir passagem de comboios fretados para a Festa de Verão dos socialistas.

A Comboios de Portugal admitiu numa deliberação da Infraestruturas de Portugal alterar horários de serviço para permitir passagem de comboios fretados para a Festa de verão dos socialistas. A notícia é avançada pelo jornal Observador.

De acordo com o jornal, os comboios que vão levar militantes socialistas do sul para a festa da rentrée do partido, em Caminha, terão prioridade e, se necessário, podem atrasar o serviço regular da empresa no percurso entre Santa Apolónia-Pinhal Novo-Caminha, tanto na ida como na viagem de volta.

Na carta impressa datada de 20 de agosto, a CP considera dar prioridade aos comboios do PS nos dias 25 e 26 de agosto (sábado e domingo). “O Operador CP aceita os atrasos resultantes a outros comboios, pela realização dos comboios da presente Carta Impressa”, refere o documento.

Questionada pelo Observador sobre este assunto, fonte oficial da empresa começou por dizer que “a CP realiza há décadas comboios especiais para vários clientes”. Segundo a mesma fonte, “sempre que se realiza um comboio especial, a CP, naturalmente, tem que solicitar o respetivo canal horário ao gestor da infraestrutura, uma vez que são comboios especiais e não regulares”.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

CP atrasa comboios para deixar passar o da rentrée do PS

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião