Revista de imprensa internacional

Scott Morrison é o novo primeiro-ministro australiano. Da Austrália diretamente para a Europa, Itália recebeu uma proposta de Trump para ajudar financeiramente o país.

Na Austrália, Scott Morrison é o novo primeiro-ministro, derrubando Malcolm Turnbull. Da Austrália diretamente para a Europa, Itália recebeu uma proposta de Trump para ajudar financeiramente o país e Espanha viu Barcelona descer sete pontos no ranking das cidades com a melhor reputação do mundo. Já no continente asiático, o Japão está preocupado em conseguir ter carros voadores no país na próxima década.

CNN

Liberais escolhem Scott Morrison para liderar Governo australiano

Na Austrália, Scott Morrison foi eleito o novo líder do Partido Liberal australiano e, consequentemente, vai assumir funções como primeiro-ministro, derrubando Malcolm Turnbull, que ocupava o cargo desde setembro de 2015, anunciou esta sexta-feira o partido. Morrison era, até aqui, ministro do Tesouro e, agora, será o 30.º primeiro-ministro australiano, o quinto em apenas 11 anos, o que confirma a instabilidade no país.

Leia a notícia completa em CNN (acesso livre, conteúdo em inglês).

Bloomberg

Elon Musk contrata Morgan Stanley para ajudar Tesla a sair da bolsa

O CEO da Tesla apostou numa nova contratação para ajudar no processo de retirada da empresa da bolsa de valores, segunda avança uma fonte próxima do processo à Bloomberg. Morgan Stanley, que é um dos 20 maiores acionistas da Tesla — com uma participação de 0,6% –, está a aconselhar Ao que parece, Elon Musk, não a fabricante de carros elétricos ou nenhum comité especial formado para avaliar uma potencial proposta para retirar a Tesla de bolsa.

Leia a notícia completa em Bloomberg (acesso livre, conteúdo em inglês).

Corriere della Sera

Trump oferece ajuda financeira a Itália

O Presidente dos Estados Unidos da América mostrou, ao primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, estar na disposição de ajudar financeiramente Itália. De Washington vem, assim, uma proposta de apoio na compra de títulos do Governo para substituir os investidores que fogem dos leilões do BTP. De acordo com a publicação italiana, o país europeu terá de colocar cerca de 400.000 milhões de euros nos mercados.

Leia a notícia completa em Corriere della Sera (acesso livre, conteúdo em italiano).

Expansión

Barcelona desceu no ranking das cidades com melhor reputação do mundo

A cidade espanhola, que ainda no ano passado ostentava a oitava posição da lista das cidades com melhor reputação do mundo, passou, este ano, a ocupar o 15.º lugar. De acordo com a nova edição do estudo “City RepTrak 2018”, realizado pelo Instituto Reputação, apesar da descida de posição, Barcelona continua a aparecer no ranking como a primeira cidade espanhola. Para as classificações interessam, não só fatores como o crescimento económico ou a oferta e a beleza da cidade, mas também fatores que tenham em consideração as tensões geopolíticas e condições sociais, por exemplo.

Leia a notícia completa em Expansión (acesso livre, conteúdo em espanhol).

Bloomberg

Governo japonês quer ter carros voadores nos próximos dez anos

O Japão quer ter carros voadores a circular no país já na próxima década. Para isso, um grupo liderado pelo Governo tem uma lista com cerca de 20 empresas interessadas no projeto, entre elas a Uber Technologies Inc. e Airbus SE. O grupo reúne-se a 29 de agosto, naquela que será a primeira das suas reuniões que terão uma periodicidade mensal.

Leia a notícia completa em Bloomberg (acesso livre, conteúdo em inglês).

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Revista de imprensa internacional

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião